A Bíblia de Vendas

“Isso nunca vai acontecer.”

De onde veio este livro?

Como acontece com a maioria das vendas, este livro começou quando fui recusado. Um artigo a meu respeito e sobre minhas habilidades em vendas, publicado no Charlotte Observer, na primavera de 1992, fez meu telefone tocar sem parar. Fui correndo ao jornal oferecer meus serviços. “Quero escrever um artigo semanal sobre vendas”, anunciei. Além de recusarem minha proposta, disseram: “Isso nunca vai acontecer”. Então eu disse: “Isso nunca vai acontecer aqui”.
Naquela mesma manhã – uma hora depois –, fechei um contrato com o Charlotte Business Journal para publicar uma coluna semanal sobre habilidades em vendas. Eu a chamei de Sales Moves. Na próxima vez que alguém lhe disser “nunca”, lembre-se de que tal afirmação significa “não, durante pelo menos uma hora”. Meu nome é Jeffrey Gitomer e sou vendedor. Não tenho Ph.D. Abandonei a faculdade. Não vivo em uma torre de marfim, moro em Charlotte, Carolina do Norte. Aprendi a vender em Nova Jersey e Nova York, onde cresci. Eu trabalhava em marketing multiníveis quando ele passou a ser chamado de “pirâmide”. Já liguei para todos os escritórios do centro de Charlotte e para os presidentes das 500 melhores empresas indicadas pela Fortune e fechei negócios. Já fiz vendas de 1 dólar e já ganhei 1 milhão de dólares em vendas. Sou um
vendedor que esteve na rua durante quase 30 anos. Às vezes de cabeça erguida, às vezes não. Adoro vender.
Sales Moves apareceu pela primeira vez em The Business Journal, em Charlotte, em 23 de março de 1992. A coluna foi um sucesso imediato. Logo apareceu em Dallas, Atlanta, Denver, Princeton e várias outras cidades. Mark Ethridge, editor de The Business Journal, jornalista vencedor do prêmio Pulitzer, e meu bom amigo e incentivador, disse que publicar Sales Moves foi
sua decisão de marketing de maior impacto em 1992. Uau! As pessoas começaram a ligar, e ainda ligam diariamente, de todo o país. São jornais que desejam publicar a coluna, leitores me agradecendo por ajudá-los a fazer vendas. Descobri que os  vendedores fixavam meu artigo toda semana na parede de seus escritórios. Eles copiavam a coluna e passavam para os outros.
Enviavam para amigos e colegas em outras cidades. Usavam a coluna para conduzir reuniões de vendas.
Minha filha Stacey comprou um carro em Charlotte. Todos da revendedora leem meus artigos. Quando ela entrou na sala para fechar o negócio (sozinha), eles disseram: “Estamos lhe oferecendo o melhor negócio do ano porque não queremos que seu pai escreva algo negativo sobre nós”. Desde o dia em que redigi meu primeiro artigo, eu sabia que escreveria um livro. Era uma evolução natural. Meu bom amigo e mentor Ty Boyd fez a mesma sugestão. O incentivo significa muito para um vendedor. Sou grato a ele pelo estímulo, assim como agradeço a você. O material que uso é meu. Estou me baseando em 40 anos de experiência em vendas, 16 dos quais em consultoria. Além disso, ouvi milhares de horas de fitas e CDs, li tudo o que pude encontrar e fui a todos os seminários que o tempo permitiu. Minha missão é aprender enquanto ensino. Procuro aprender
algo novo todo dia. Continuarei a escrever minha coluna semanal para lhe dar informações que você pode usar em suas trincheiras e fazer mais vendas… Hoje. Sei o que você enfrenta. Sei como dá duro no trabalho. Sei como isso pode ser frustrante. Eu o ajudarei. Comecei a escrever a primeira edição deste livro em agosto de 1993. Terminei depois de incontáveis horas até tarde no escritório, uma semana em Beech Mountain, NC. e uma semana em Hilton Head Island, SC, com meu Macintosh, meu crítico contumaz, editor e amigo Rod Smith, e minha gata Lito. Pensei que seria uma barbada. Gastei 700 horas de trabalho. Aqui está A Nova Bíblia de Vendas, editada pela minha parceira e “alter ego”, Jessica Mcdougall. Ela está repleta de novidades e mantém a tradição intacta. Obrigado por ser meu cliente. Espero que ela traga tanto dinheiro para você quanto trouxe para mim.

O que meu plano dará a você?
Sua recompensa será realizar as metas mais ousadas que você já teve em sua carreira.
Sua recompensa será ser reconhecido como um excelente vendedor.
Sua recompensa será a satisfação de ser muito melhor do que acreditava. E você pode fazer isso sozinho.
Sua recompensa será realizar mais vendas.
Este livro foi escrito para ajudá-lo em todos os aspectos relacionados a vendas diárias.
Oferece soluções práticas para situações e problemas reais, que ocorrem a todo momento.
Uma referência do mundo real.
Um recurso. Uma bíblia.
Antes de começar a ler este livro, faça a si mesmo as seguintes perguntas:

• Eu acho que vendo bem?
• Como pratico minhas habilidades todos os dias?
• Quanto tempo passo aprendendo novas habilidades de vendas?
• Quantas técnicas novas coloco em prática diariamente?
• Quanto sou dedicado e comprometido com o sucesso?

As vendas são decorrentes de uma disciplina. Não um tipo de disciplina como a militar (“faça isso ou vai ter de descascar batatas”), mas o empenho pessoal para a realização que só pode ocorrer quando há dedicação. É o controle que vem de dentro, e não a obediência a regras vindas de fora. Não se trata do tédio da disciplina, mas do prazer que ela traz.
Disciplina é o processo diário de focalizar o que você quer. E lutar incansavelmente por esse objetivo até alcançá-lo.

Não quero parecer religioso, mas é na religião que se tem a disciplina mais próxima daquela a que me refiro. Se você reza ou medita todo dia, essa é a disciplina, o ritual que você precisa praticar para ter sucesso em vendas.
Em vendas, você consegue fazer seu próprio milagre. Como representante de vendas, você é a pessoa mais importante
no mundo dos negócios!

Nada acontece nos negócios até que alguém venda algo.

Você vende para que a fábrica possa emitir os pedidos, de modo que o produto possa ser entregue, os salários possam ser pagos e o novo sistema de informática possa ser comprado.
Você precisa vender até mesmo quando quer que o banco lhe empreste dinheiro ou estenda sua linha de crédito. Você deve convencer o gerente, ou um fornecedor, de que será capaz de ter um bom desempenho e de pagá-lo.

A velha maneira de vender não funciona mais… desse jeito.
Antes, usava-se ternos esporte e calças largas. Ainda dependemos das roupas, mas a moda mudou. O mesmo acontece com as vendas. Devemos mudar a maneira de vender, ou não venderemos o suficiente para equilibrar os custos, muito menos para cumprir nossas metas e realizar nossos sonhos.

A recessão da década de 90 forçou uma mudança no processo de vendas que beneficiará o mundo dos negócios para sempre. Para ter sucesso profissional, você deve ser capaz de vender duas vezes a alguém. Ou vender a alguém que fará de tudo para recomendá-lo a outro. Essa nova maneira usa o método antigo; você ainda deve dominar todas as técnicas de vendas – simplesmente empregue-as de modo diferente. De maneira amigável. Adote uma forma receptiva, um modo que enfatize atender primeiro e vender em segundo lugar. Sempre fico irritado quando alguém diz que vender é uma arte. Bobagem. Vender é uma ciência. É um conjunto de palavras, frases e técnicas que podem ser repetidas, desencadeadas como resposta, e que convencem o cliente potencial a comprar. Como ciência, requer experimentação para determinar o que funciona melhor ou quais as teorias que têm aplicação prática. As novas regras do jogo são simples e você pode aplicá-las hoje.

Seu desafio é não só usá-las, mas dominá-las. Aqui estão 7,5 delas para você ponderar; mas há centenas nas páginas seguintes…
1. Diga (venda) algo relativo ao que o cliente quer, precisa e entende. Não em relação a o que você tem a oferecer.
2. Reúna informações pessoais. E aprenda a usá-las.
3. Faça amizades. As pessoas querem comprar de amigos e não de vendedores.
4. Forme uma rede de relacionamentos que nenhum concorrente possa penetrar. Meus concorrentes ligam para meus clientes de vez em quando. Meus clientes dão o número de meu telefone e dizem ao concorrente para ligar para mim a fim de obter minha opinião sobre o serviço deles. Eles dizem: “Ligue para Jeffrey Gitomer e explique tudo a ele. Se ele achar que está bem,
nos dirá”. Seus clientes agiriam assim se o seu concorrente ligasse para eles? O que você está fazendo para garantir isso?
5. Estabeleça um terreno comum. Se ambos gostamos de golfe ou temos filhos, há questões e ideias afins que nos aproximarão.
6. Ganhe confiança. Quando você motiva alguém a agir, é melhor ter construído confiança suficiente para que faça negócios com você, ou ele comprará de outra pessoa.
7. Divirta-se e seja engraçado. Você não está tratando de um câncer no cérebro, mas de sua carreira. Divirta-se. Se você fizer os clientes potenciais rirem, conseguirá fazê-los comprar. A risada é uma aprovação tácita. A aprovação tácita leva à aprovação contratual.
7,5. Nunca seja pego vendendo. Eu fico louco quando um vendedor parece vendedor. Aprenda a ciência e converta-a em uma arte. Estas e centenas de outras regras, diretrizes e técnicas contidas nestas páginas são dedicadas à ciência das vendas e por que as pessoas compram. Seu desafio é aprender a usar essas técnicas e princípios diariamente para ter sucesso no mundo lá fora… O seu mundo. Se você se dispuser a ler uma lição a cada dia e praticá-la logo em seguida, terá mais de 100 lições e mais de 1.050 técnicas em menos de 6 meses. Quer aprender a melhor maneira, e a mais segura, de vender a todos que encontrar? Experimente ler os “Contos dos Irmãos Grimm” – mesmo que não venda a todos, conseguirá vender mais do que agora, muito mais. Há um jeito fácil. E é divertido. Ao ler A Bíblia de Vendas, você vai adquirir novos conhecimentos e implementá-los diariamente. O aprendizado com a experiência diária dessa implementação leva ao domínio das vendas. Se você não segue o
processo, as vendas permanecerão um mistério. Você pode não falhar, mas não terá sucesso. Não da maneira que deseja.
Vender é divertido, lucrativo, mas somente se você estiver disposto a levar a sério seu compromisso de ser o melhor.
Para ter sucesso em vendas, você deve perceber que não há uma única maneira de vender, mas milhares. Você aprende um pouco de todas elas, combina com sua experiência e adapta à sua personalidade para desenvolver estilo próprio. Há uma única coisa absolutamente verdadeira que descobri depois de vender e de estudar vendas durante 40 anos – os melhores vendedores são aqueles que têm a melhor atitude, que mais conhecem o produto e que oferecem o melhor atendimento.
Finalmente cheguei a um entendimento de vendas e de como elas são feitas. Aconteceu depois de anos de prática. Depois de ligar e ficar pendurado na linha esperando. Depois de visitar presidentes das 500 melhores empresas indicadas pela revista Fortune, e de fazer a venda. Meu objetivo é partilhar esse conhecimento com você, para que possa usá-lo e vender mais. Muito mais.

Você olhará para aquelas metas anotadas em bilhetes retirados dos blocos Post-it até ficar enjoado… E então começará a alcançá-las.

Resultado de imagem para pessoa cheia de post it

Use o Post-it para atingir suas metas.

META: Quero ter sucesso.
DESAFIO: É mais fácil pensar do que fazer.
PENSAMENTO: Sucesso significa atingir metas.
PENSAMENTO ERRADO: Muitas pessoas têm medo do sucesso.
REALIDADE: As pessoas não têm medo do sucesso; apenas não sabem como alcançá-lo.
IDEIA: Compre um bloco de notas Post-it e estará no caminho para o sucesso!
Você tem várias metas que quer atingir, mas elas não estão escritas em lugares bem visíveis. Ficam anotadas em um pedaço de papel, perdidas em uma gaveta ou no verso da página de uma agenda, ou aparecem na sua cabeça de vez em quando, para serem enterradas em meio a adiamentos, desculpas e culpa.
ENCORAJAMENTO: Descobri uma forma de vencer o sistema. Você quer atingir suas metas?

Aqui estão todas as ferramentas necessárias para você alcançar o sucesso que lhe escapou até aqui:
• Blocos de Post-it • Espelho do quarto
• Espelho do banheiro • Caneta hidrocor
E este é o método testado comprovado:
1. Anote em blocos grandes. Em blocos Post-it 3 X 3 amarelos, anote suas principais metas em poucas palavras (obter recursos para a empresa; ganhar o prêmio de vendedor do ano; novo cliente: Wachovia Bank).
2. Anote em blocos pequenos. Use mais três folhas e anote suas metas secundárias em poucas palavras (ler sobre atitude 15 minutos por dia; ler livro – Dale Carnegie; organizar a mesa; fazer um novo closet).
3. Coloque os lembretes na sua frente. No espelho do banheiro, onde você é forçado a olhá-los – e olhar-se – todas as manhãs e noites.
4. Leia as metas em voz alta cada vez que olhar para elas. Olhar e falar dobra a afirmação.
5. Continue olhando e falando até agir. Você olhará para elas até se cansar e começará a agir – agir para realizá-las –, e vai alcançá-las.
6. Ver a nota lá, diariamente, o faz pensar em agir todos os dias. Depois que você começa a agir, a nota desencadeia um “O que eu tenho de fazer para manter o foco na realização?”. A nota o força a agir, a atingir sua meta. Ao afixar as metas no banheiro, você se lembra delas pelo menos duas vezes por dia. A partir daí, seu subconsciente começa a agir, abrindo caminho até você ser conduzido a tomar uma iniciativa positiva. Ações para a realização. E quando você chega ao topo da montanha – quando atinge aquilo que queria – finalmente pode dizer as palavras mágicas. Diga-as gritando – EU CONSEGUI! (Fazer afirmações positivas sempre o faz sentir-se maravilhoso.)
6,5. Reavalie o seu sucesso todos os dias. Aqui vem a melhor parte –
depois que sua meta for atingida, retire a anotação do banheiro e afixe-a triunfalmente no espelho do quarto. Agora, todos os dias, quando você examina “sua aparência naquela manhã”, também consegue ver o seu sucesso.

Não é apenas genial. Você é capaz de dar o tom para mais um dia de sucesso, todo dia. O primeiro impulso, de manhã, ao olhar para o sucesso (meta), é lembrar-se de como a realização lhe fez bem, e você pensa em quanto lhe custou. Mais – isto o deixa motivado para continuar obtendo mais realizações.
• O programa é simples.
• O programa funciona.
• Os resultados mudarão sua atitude.
• Os resultados mudarão sua vida.
• Os resultados mudarão o que você acha de sua capacidade de ter sucesso. Quando você estiver com o espelho do quarto cheio de metas atingidas, terá dinheiro suficiente para sair e comprar um espelho maior – e uma casa mais ampla para colocá-lo.
Obtenha seu kit de Post-It para atingir suas metas. Você quer um bloco pré-impresso de Mensagens de Post-It para começar? Adoraria enviar um para você em agradecimento ao seu apoio contínuo e leitura. Envie US$1 para os custos postais para Buy Gitomer, 310 Arlington Ave., Loft 329, Charlotte, NC 28203. “Eu imprimo minhas metas em Post-Its e as mantenho à mão para poder me referir a elas a qualquer hora durante o dia. Minha esposa escreveu esta aqui sobre o assento do vaso.”

8,5 maneiras de usar este livro…

Os representantes de vendas buscam constantemente novas ideias. Precisam de uma fonte contínua de motivação.
Precisam de respostas imediatas.
Estão procurando vender mais… Hoje.
Os representantes de vendas têm muitos problemas de uma só vez. Em um único dia, fazem ligações e follow-up de dez clientes potenciais, participam de um evento de trabalho de rede, executam três apresentações, enviam cinco cartas, recebem um não seis vezes e realizam uma venda. Esse é um dia normal! Eles necessitam de uma referência confiável que lhes dê respostas
realistas para suas perguntas imediatas, dificuldades ou desafios. Precisam de A Bíblia de Vendas.
A Bíblia de Vendas não é um “método” de vendas. Ela apresenta uma série de observações práticas, técnicas e filosofias que você pode modificar de acordo com seu estilo. Você usa o que é útil para a venda de hoje. Você usa aquilo que vai prepará-lo para a venda de amanhã. Com ele você adquire o conhecimento necessário para atingir suas metas.
A Bíblia de Vendas é um recurso do mundo real. Contém lições, e não pesquisas acadêmicas de um Ph.D. É o resultado de 40 anos de sucesso e fracasso nos ambientes mais duros que o mundo dos negócios tem a oferecer.
Elas baseiam-se em experiências próprias, que eu sei que funcionam porque as vivenciei.
São soluções simples, pragmáticas e fazem sentido onde realmente interessa…
Em seu ambiente de vendas.
Elas o ajudarão objetivamente. Experimente algumas e verá.

Use este livro:

1. Como recurso. Para expandir e reforçar seu conhecimento e experiência com o processo e os desafios diários de vendas.
2. Para uma lição diária. Como parte de sua dedicação para ser o melhor.
3. Em um grupo de estudos. Para crescer e se desenvolver como vendedor profissional.
4. Para conduzir uma reunião. A maioria dos capítulos tem o tamanho ideal para ser usado como guia em treinamento de vendas ou reunião de brainstorm.
5. Para resolver um problema. Quando você está sem ideias e precisa de uma resposta imediata.
6. Para se preparar para uma venda. E ganhar uma vantagem competitiva.
7. Para fechar uma venda. As soluções e respostas estão no índice para acesso rápido.
8. No calor da batalha. Leve-o para o trabalho e consulte-o quando as portas começarem a bater na sua cara, quando você precisar fazer contatos importantes, quando um cliente potencial não retornar a mensagem que você deixou na caixa postal dele pela terceira vez.
8,5. Multiplique sua renda. Muitos vendedores têm um talento ilimitado. Eu o desafio a dobrar sua renda. Já lhe dei as ferramentas. Agora, cabe a você provar para si mesmo sua competência. Você é capaz de desenvolver a disciplina
necessária para tanto?

UMA EXCELENTE MANEIRA DE ABUSAR DESTE LIVRO: Enquanto você o lê, tenha à mão um marcador de texto amarelo e uma caneta vermelha. Assinale os trechos relativos aos conhecimentos que você busca. Anote nas margens suas reflexões, planos de ação e ideias.
UMA EXCELENTE MANEIRA DE APRENDER COM ESTE LIVRO: Para benefício máximo, use logo que puder as informações encontradas, sejam sobre um cliente efetivo ou potencial. Assim, passará a dominá-las. Uma nova técnica por dia serão 220 novas técnicas por ano. Em cinco anos, você terá mais de mil técnicas à sua disposição. Uau! Leve este livro com você. Use-o como recurso e referência. Leia um capítulo no almoço. Discuta algum ponto interessante com seus colegas de trabalho. Mas
acima de tudo, use-o para fazer uma venda. Muitas vendas.
O ESPÍRITO DE VENDAS. Cada capítulo apresenta uma citação de abertura que capta o espírito de seu conteúdo. Esse espírito desempenha um papel importante em A Bíblia de Vendas. É a forma na qual as informações são oferecidas e o modo como são recebidas – e usadas. Cada lição é independente. Cada uma evolui para a seguinte. Cada uma interage com as outras. Reflete o conjunto. Contribui com o todo.

Leia a parte intitulada “Use o Post-it para atingir suas metas”, encontrada neste capítulo. Use o método indicado para registrar seu progresso. Será uma boa prática e garantirá o benefício máximo.
Estabeleça metas para os capítulos que você lerá a cada dia. Estabeleça metas específicas para pôr em prática o que aprendeu. Estabeleça metas para aprimorar sua atitude. Estabeleça metas para ter diversão em sua carreira.
Então estabeleça metas para grandes vendas.

INFORMAÇÕES GRÁTIS… Quer reforço para as ideias e estratégias contidas neste livro? Criei alguns cartões que você poderá levar nas visitas de vendas, nos eventos de networking ou feiras comerciais para referência rápida. Esses cartões reforçam os princípios de vendas e irão ajudá-lo a dominar o processo de vendas. Para obter uma cópia para impressão, visite www.gitomer.com, cadastre-se se esta for sua primeira vez e digite a palavra “FLASHCARDS”
no campo GitBit.

As Razões para se Gostar de Trabalhar nas Vendas

Resultado de imagem para por que ser um vendedor

Muitos acham que a profissão de vendedor/comercial/agente de vendas é uma profissão que qualquer um pode trabalhar. Tenho a dizer que isto é um verdadeiro disparate. Esta profissão exige estudo, pesquisa, aperfeiçoamento, treino e muita persistência na sua execução.

Realmente qualquer um pode começar a trabalhar em vendas, mas o tempo dos vendedores de “banha da cobra” tem os dias contados. Existem pessoas que muito fazem para dignificar a profissão enquanto uns “emberbes” acham que o facto de terem um palminho de cara bonita ou falarem até a voz faltar fazem tudo mal e acabam por estragar a nossa imagem.

Sou um vendedor e é a profissão que escolhi a mais de 10 anos. Já fui programador informático, Diretor de Informática, Consultor e uma parafernália de outras funções técnicas na informática, mas confesso que o que gosto de fazer é estar a falar com pessoas, resolver os problemas que elas me apresentam e ter uma lista de clientes satisfeitos com o produto/serviço que vendo.

Eis as vantagens que para mim são muito motivadoras para continuar cada dia a melhorar a minha técnica de vendas:

1) A liberdade de expressão: esta é uma das poucas profissões em que ainda é possível sermos nós mesmos e fazermos essencialmente o que desejamos fazer.

2) Liberdade: somos livres de alcançar o exito que verdadeiramente quisermos alcançar.

3) Desafio diário: pense que todos os dias que acorda, o que fizer poderá mudar todo o rumo da tua vida. Há profissões que a rotina é mortal para uma pessoa. Esta não.

4) Lucro: não conheço profissão mais rentável que a das vendas. Pense que o investimento que fazes no início é quase zero. Tempo, vontade, desejo e “raça” para vencer é tudo o que vai investir nesta profissão. Tudo o que ganhar com este investimento reverte-se em lucros.

5) Diversão: é divertido trabalhar com as vendas. Pense nas milhares de situações boas ou menos boas que passou durante uma venda e pode ter certeza que todas elas vão lhe causar um monte de boas lembranças engraçadas. Fazer o que não é divertido é enfadonho e monótono, por isso divirta-se a vender.

6) Satisfação: quantos são os vendedores que tem um orgulho quando recebem uma adjudicação? e o ato de receber um telefonema de um prospecto a dizer que é a si que ele vai comprar? é uma sensação única de vencer, saber que naquele momento és a pessoa mais importante para o seu cliente, pois vai ser você a suprir a necessidade.

7) É estimulante: um vendedor profissional não reconhece qualquer limites ao seu desempenho, excepto os que impõe a si próprio. Saber que através desta profissão pode desenvolver a sua competência, chegar mais longe é fantástico.

Faça aquilo que sabe que deve fazer, é muito importante tomar conhecimento das suas capacidade e se puder tentar cada vez mais melhorar, melhorar, melhorar.

Eu Sou Vendedor!

salesman

Em algum momento você decidiu, por incentivo de um amigo ou por uma oportunidade surgida na empresa ser um vendedor. Seja qual for a sua história você se decidiu trabalhar em vendas. Mas será que vou me dar bem nisso? Nunca consegui vender sequer uma rifa na escola !!

Olha, nessas próximas linhas vou tentar definir o que é e o que não é ser vendedor.
Essa profissão é uma das melhores que existe por uma razão simples: Quem aprende a vender nunca fica sem trabalho! É importante que se repita, nunca fica sem trabalho. É mais fácil o país ir à bancarrota total que um bom vendedor não ter o que vender. Enquanto existirem pessoas existirão necessidades de produtos e serviços, portanto existirá necessidade de alguém que os venda. Simples.
Mas são necessários alguns requisitos para ser bem sucedido na profissão, tais como ser amável e educado, ter motivação e empatia, conhecer profundamente o produto/serviço que oferece, saber a real necessidade dos clientes e ajudá-los sinceramente.

Um vendedor pode ser também um empreendedor, ter seu próprio negócio, produzindo e comercializando com sucesso se utilizar eficientemente as técnicas corretas, ou ser um representante comercial podendo inclusive contratar funcionários, ou então contratado pela CLT em uma empresa industrial ou comercial.
É sobretudo importante ser um bom profissional de vendas participando de cursos, palestras e treinamentos, no tocante às técnicas de vendas assim como do produto/serviço que oferece.
Diz-se que um vendedor faz o próprio salário, o que em parte é verdade pois a renda principal se obtém através de comissão sobre as vendas efetuadas. Assim sendo, tendo um bom produto para vender e apoio da empresa contratante, a sua renda será naturalmente proporcional ao esforço dispendido.
Algumas pessoas rejeitam até enfaticamente a hipótese de se tornar um vendedor, talvez nós mesmos um dia fomos assim, e isso se explica pelo fato que, como qualquer profissão, Vendedor tem também os ossos do ofício. O principal fator que inibe as pessoas é a rejeição, um processo natural da profissão e que a grande maioria das pessoas abomina. Quem gosta de ouvir uma negativa, um gesto aborrecido de desprezo?
No entanto, com estudo e técnica é possível aprender a lidar com isso.

Ser vendedor ajuda a desinibir, a ser mais comunicativo, a conquistar a simpatia das pessoas, aumenta os relacionamentos, proporciona uma renda superior à média, menor sujeição às crises econômicas e o torna especialista em algum setor.
As técnicas podem ser aplicadas ao vendedor de automóveis, de apartamentos, de peças industriais, de cebolas e tomates, de serviços de cabeleireiro, de pedreiro, de seguros, e de infinitas coisas sempre de igual forma, respeitadas as adaptações.

Ser vendedor não é olhar para o cliente como um peixe que vai morder a isca, não é empurrar o produto mais rentável para você, não é passar informações incorretas, muito menos maltratar as pessoas nem prometer o que não pode cumprir.

Ser vendedor é acima de tudo respeitar as pessoas e servir, auxiliar o cliente como se você fosse ele próprio.
Espero que você fique estimulado a ser um bom profissional de vendas.

Por que ser Vendedor?

Esta é uma questão intrigante que dificilmente alguém consegue responder de pronto. Poucas foram às pessoas que responderam com precisão. Outras vacilavam, mas chegavam a uma resposta satisfatória. A maioria ficava pensativa, como que surpreendida pela pergunta.

Diziam que precisavam pensar, pois nunca tinham se perguntado por que trabalhavam com vendas. Depois de alguns minutos pensando, surgiam várias respostas. Alguns diziam que estavam desempregados e não conseguiam emprego naquilo que gostariam de fazer. Outros diziam que começaram porque não tinham outra coisa para fazer.

Constatamos que estes últimos eram os que apresentavam os piores resultados e sempre tinham uma desculpa para justificar a baixa produção. Eram pessoas que trabalhavam sem um objetivo definido e nem mesmo sabiam por que faziam aquele trabalho.

Não podiam ter sucesso, pois este depende de objetivos definidos, persistência, conhecimento e muita transpiração. Nenhum ser humano obteve sucesso na vida trabalhando sem saber por que o fazia. Todas as profissões apresentam um grau elevado de dificuldades, que só os persistentes conseguem vencê-las. Nada é fácil e nada se constrói sem muito esforço e tenacidade.

Como atingir o sucesso se não sabiam por que estavam trilhando aquele caminho?

Identificados estes limites, sugeríamos uma reflexão profunda, durante uma semana, para que cada um decidisse se desejava seguir esta profissão. Lembrávamos que um médico quando decide estudar medicina, precisa dez anos de estudos para poder exercer plenamente a sua profissão.

Para um vendedor não precisa dez anos, mas precisa, após tomar a decisão de ser um vendedor, estudar, conhecer e se aperfeiçoar permanentemente, pois somente depois de algum tempo estará pronto para exercer plenamente e com sucesso o seu trabalho. Precisa, ainda, se dedicar com afinco para conseguir conquistar e manter clientes. Só assim provará para si mesmo que é um vendedor de sucesso.

Não adianta trocar de empresa porque não consegue bons resultados. O problema está com ele e o perseguirá aonde for. É preciso resolver o conflito interno que o impede de ser um bom vendedor. Isto feito não precisará pensar em trocar de empresa, porque onde estiver estará sendo muito bem sucedido.

O profissional que sabe exatamente porque está exercendo a sua profissão, tem entusiasmo e contagia a todos quantos encontra, porque está pleno e realizado.

AudioBook O Maior Vendedor do Mundo

https://www.youtube.com/watch?v=GzK4Hlkeh3c

1. Hoje começo uma vida nova. Formarei bons hábitos e me tornarei escravo deles.

2. Amarei todos os comportamentos dos homens, pois cada um tem qualidades a serem admiradas, mesmo se estiverem ocultas.

3. Persistirei até alcançar o êxito. Jamais aceitarei a derrota e retirarei de meu vocabulário palavras como desistir, não posso, incapaz, impossível, fora de cogitação, improvável, fracasso, impraticável, sem esperança e recuo, pois são palavras e expressões de tolos. O êxito de ontem não se transformará em complacência hoje, uma grande razão de fracasso.

4. Concentrarei minha energia no desafio do momento. Os problemas caseiros serão deixados em casa. Os problemas da feira serão deixados na feira.

5. Viverei hoje como se fosse meu último dia. Não desperdiçarei um momento sequer velando os infortúnios ou as derrotas de ontem. Cada minuto de hoje será mais frutífero em relação ao dia de ontem.

6. Serei dono de minhas ações. O fraco deixa seus pensamentos controlarem suas ações. Os fortes forçam suas ações a controlarem seus pensamentos.

7. Cultivarei o hábito de rir. Nenhuma criatura viva ri, à exceção do homem. Na adversidade, para manter minha vida em equilíbrio, ensaiarei as palavras “Isto também passará”, ensinadas pelos antigos. Jamais trabalharei para ser feliz, mas, sobretudo, para permanecer ocupado e não ser triste.

8. Estabelecerei objetivos para cada dia, cada semana, cada mês, cada ano e para minha vida. Ao fixar meus objetivos, pensarei em meu melhor desempenho. Superar os feitos dos outros é importante; superar meus próprios feitos é tudo.

9. Agirei agora. Não evitarei as tarefas de hoje e não as deixarei para amanhã. Para vencer o medo, devo sempre agir sem hesitação.

10. Eu suplicarei, mas apenas pedidos de orientação. Jamais suplicarei pelas coisas materiais do mundo ou dádivas de ouro, amor, saúde, vitórias, fama, êxito ou felicidade.

 

Os dez pergaminhos – Do livro O Maior Vendedor do Mundo – Og Mandino