NOVO Plano de Marketing

Como Ganhar Dinheiro com MMN

Você já imaginou em vez de ir ao mercado todos os meses e apenas deixar lá todo seu dinheiro, houvesse uma oportunidade de comprar com 50% de desconto, podendo usar, compartilhar e revender produtos de excelente qualidade e necessidade diária de consumo ganhando comissões por indicação. Conheça o NOVO Plano de Marketing! Esse negócio tem ajudado muitas famílias a complementar a renda, trazendo uma nova realidade e perspectivas de futuro, onde antes só se via crise.

O Marketing Multinível é muito mais que renda extra, é mudança de vida dependendo apenas da forma como é encarado. Se você pensar que está construindo seu negócio, pode ser renda principal e gerar altos ganhos, se optar por desenvolver-se e formar redes de de consumidores e distribuidores, educando e ensinando sua equipe como fazer o negócio de forma profissional, de forma simples apenas duplicando os treinamentos disponibilizados pela empresa.

Infelizmente o que muitas vezes ocorre é que pessoas mal informadas pensam que vão ganhar dinheiro sem trabalhar, sem se educar e principalmente, sem gerar valor para o maior número de pessoas. Isso não existe no MMN Sério, e pessoas que buscam dinheiro fácil se frustram.

Quem quer trabalhar certo, quer se desenvolver pessoal e profissionalmente encontra a chance de ainda ganhar muito dinheiro enquanto aprende como funciona o sistema de Marketing Multinível.

 

Se você gosta de ajudar pessoas, esta é uma ótima chance de fazer diferença no mundo, mudando a realidade de muitas famílias que hoje oram por uma oportunidade de cuidar das necessidades de seus filhos. Venha construir um negócio sólido no período de 2 a 5 anos. Está nas suas mãos mudar o seu futuro e da sua família! É na crise que se cresce!

 

Se quiser fazer parte do Negócio Acesse o link abaixo e faça seu cadastro!

Todos os produtos com 50% de desconto para consultores!

Perguntas, dúvidas ou sugestões nos comentários!

Gostou deste post? Curta a Página!

 

Compartilhe com seus amigos que estão buscando uma oportunidade de negócio!

Renda Passiva

De qual lado você está?

Segundo Robert Kiyosaki, a população mundial está dividida da seguinte forma:

Resultado de imagem para crescimento hinode

 TAXA MÉDIA DE DESEMPREGO NO BRASIL DE 2012 A 2020:

Resultado de imagem para desemprego

Quem vai escolher o seu futuro?

Decida mudar a história da sua vida.

Crie um futuro de sucesso com marketing multinível!

Marketing Multinível é um bom Negócio!

Segundo o SEBRAE quase 13 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Sem expectativas de conseguir carteira assinada, muitos trabalhadores apostam em nichos de mercado como alternativa de renda. Um deles é o marketing multinível, modelo de venda direta que trabalha com a criação de uma rede. No ano passado, ele registrou R$ 40,4 bilhões em negócios, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD).

Esse tipo de venda consiste em oferecer produtos ou serviços diretamente ao consumidor, presencialmente ou pela internet. Entre suas vantagens, está o menor número de intermediários entre quem produz e quem consome, com base nos relacionamentos pessoais. “Funciona como uma rede. Família, amigos e conhecidos tornam-se clientes, tanto para comprar quanto para convidar outras pessoas. Nesse caso, a rede ganha uma comissão em cada venda feita pelos ‘distribuidores independentes’ que consegue recrutar”, explica a analista do Sebrae Minas Andreza Capelo.

Outro ponto positivo desse tipo de negócio é o investimento mínimo na compra de produtos, o que facilita o início das operações. O “distribuidor independente” não precisa investir em infraestrutura, não assume o pagamento de salários dos empregados que participam das tarefas administrativas da empresa e nem arrisca seu capital montando um grande negócio.

Não confunda

Antes de aceitar o convite de uma empresa, pesquise se o negócio é marketing multinível ou um modelo de pirâmide (que é ilegal no Brasil).

Algumas diferenças importantes:

  • O foco da pirâmide é o recrutamento de novos participantes. O marketing multinível visa vender produtos.
  • Na pirâmide, há casos em que os produtos ou serviços sequer existem ou têm valor muito acima dos similares presentes no mercado
  • Em suas reuniões, o treinamento não é voltado para a venda, e sim para o recrutamento
  • Além do resultado das vendas, o faturamento individual se baseia no número de pessoas recrutadas para a rede

Na próxima edição do Sebrae Notícias daremos dicas sobre o perfil ideal para trabalhar marketing multinível e alguns cuidados importantes nessa atividade.

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/mg/noticias/marketing-multinivel-e-um-bom-negocio,9385ced89062b510VgnVCM1000004c00210aRCRD

Deixe sua opinião abaixo.

MMN

MMN: Conheça mais sobre o negócio que faz milionários

Imagem 1 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionários

Ainda não sabe o que é MMN?

Talvez esteja perdendo a grande oportunidade da sua vida.

Vou contar neste artigo tudo sobre o marketing multinível, esclarecer a sua relação com pirâmides e permitir que decida se é ou não uma boa investir nessa ideia.

Se você chegou até este artigo, é provável que tenha algum interesse, mas muitas dúvidas sobre o que é MMN no Brasil.

Acredito que tenha ouvido promessas de enriquecimento com o marketing de rede, mas desconfia até da sombra.

Afinal, tem como ganhar dinheiro fácil?

Ou esse tal de network marketing, como os gringos chamam o marketing multinível nos Estados Unidos é uma grande cilada?

Para todas as suas dúvidas, eu prometo uma resposta.

Até o fim da leitura, você vai entender a diferença entre pirâmide e marketing multinível.

Vai saber se há empresas de MMN confiáveis no Brasil, quais as perspectivas do MMN 2017 e, principalmente, terá clareza para definir se essa é uma oportunidade que combina com o seu perfil.

É exatamente isso que você procura? Então, vamos em frente.

O Que É MMN?

MMN é a sigla utilizada para marketing multinível, também conhecido como marketing de rede.

A expressão, de origem norte-americana, se refere a um sistema de vendas diretas.

As marcas contratam distribuidores de seus produtos e serviços e os remunera tanto pelas vendas quanto pelo recrutamento de novos participantes.

O sistema multinível se diferencia de todos os demais modelos comerciais por uma série de razões.

A primeira delas está relacionada às próprias empresas.

Quem o adota atua no varejo, mas com características do atacado.

Explicando melhor: o consumidor compra direto da empresa, a partir de seus representantes, distribuidores ou revendedores.

Imagem 2 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionáriosO Marketing multinível também é conhecido como marketing de rede.

Não há uma loja ou outro tipo de intermediação.

Ele compra da marca e paga para ela.

É por isso que esse é um sistema de vendas diretas.

Mas a mais marcante das características está mesmo relacionadas aos seus “funcionários”.

Na verdade, quem se junta a uma empresa de marketing multinível é também um empreendedor, pois trabalha por conta própria e tem três formas de obter rendimentos:

  • Pelas vendas diretas dos produtos e serviços da marca que representa
  • Pelo recrutamento de novos representantes para a marca
  • Pelas vendas geradas pelos representantes que indica para a marca.

Então, isso significa que quanto mais gente eu recrutar, mais eu vou ganhar?

De certo modo sim, mas a formação de uma rede, sozinha, não gera ganhos significativos para ninguém.

Afinal, que vantagem teria uma empresa ao reunir 100 milhões de revendedores que não vendem?

É por essa razão que o “grosso” da remuneração vem mesmo das vendas.

Quem quer crescer no MMN precisa vender, vender, vender e também recrutar e incentivar sua rede a vender, vender e vender.

Aí sim, quanto maior for a rede e, principalmente, as vendas realizadas por ela, mais você se aproxima da independência financeira que tanto almeja.

Daí para a fortuna e riqueza é só um passo.

Dá trabalho, é claro, mas no marketing multinível é possível chegar lá.

Como Surgiu O Marketing Multinível Nos Estados Unidos?

O “cara” do MMN no mundo é o americano Carl Rehnborg.

No início da década de 40, há quase 80 anos, portanto, as vendas diretas já eram uma realidade nos Estados Unidos, mas Carl encontrou a cereja do bolo.

Ele ousou mexer em um sistema que funcionava bem, propondo uma diferente forma de remuneração das pessoas que trabalhavam nele.

Surgia, então, o pagamento por níveis e o chamado network marketing, que em português significa marketing de rede.

Imagem 3 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionários
O sucesso do marketing multinível foi tamanho que se espalhou para o mundo rapidamente.

Em um primeiro momento, a sua ideia foi colocada em prática na empresa Nutrilite, que atuava na área de suplementos.

A ideia era motivar os atuais vendedores a vender mais e a atrair novos vendedores também motivados pelos bônus gerados pelo sistema multinível.

Apesar da arriscada ousadia, Carl teve sucesso e acabou agradando consumidores (que viram aumentar o acesso a produtos de qualidade e em condições especiais) e revendedores (que ampliaram seus ganhos no novo formato de remuneração).

Não demorou para outras empresas comprarem a ideia, tendo no MMN uma oportunidade única de elevar as vendas e a participação no mercado.

Foi assim, no final dos anos 50, que dois ex-representantes da Nutrilite fundaram a Amway.

Jay Van Andel e Rich DeVos replicaram o modelo e, embora não soubessem, estavam criando a maior empresa de marketing de rede multinível do mundo, cujo faturamento gira em torno dos 10 bilhões de dólares por ano.

Foi um caminho fácil?

Certamente, não.

Por volta de 1975, o modelo foi colocado em dúvida por sua alegada proximidade com as práticas piramidais.

Afinal, era marketing multinível ou um disfarce para um esquema criminoso?

A polêmica foi fundamental e serviu como um divisor de águas.

O MMN saiu vencedor, adquiriu legitimidade, ganhou em visibilidade e, desde então, bate recordes atrás de recordes, respondendo hoje por 97% de todas as vendas diretas nos Estados Unidos.

Como O MMN Veio Para O Brasil?

A história do MNN no Brasil é parecida com a dos Estados Unidos, embora muito, muito mais atrasada.

Para se ter ideia, o país vive agora um momento parecido ao que os americanos vivenciaram na década de 70, de questionamento e regulamentação do marketing de rede.

Atualmente, quem pratica a atividade (e são muitas e gigantescas empresas) não está fazendo nada ilegal.

Afinal, não há proibição expressa ao sistema multinível, ao contrário do que ocorre com as pirâmides.

Por outro lado, o MMN não possui regulamentação, ou seja, não há regras a criar um padrão de atuação para empresas e seus representantes no país.

É em função disso que surge todo o tipo de negócio escuso tentando tirar a sua casquinha do modelo vencedor, tentando se passar por ele para mascarar práticas criminosas.

Mas vamos falar um pouco sobre história.

A mais antiga empresa do segmento é a Natura, que iniciou seu sistema de vendas diretas em 1974.

Então, quer dizer que o MMN no Brasil já tem mais de 40 anos?

Não, não.

A atividade é muito mais recente e remete à década de 90.

Foi nessa época que chegaram ao país as marcas gigantes, que já dominavam e seguem dominando o mercado mundial do marketing multinível.

Entre elas, Amway, Herbalife e Mary Kay.

Mas e a Natura?

Bem, a empresa genuinamente brasileira só mais recentemente demonstrou interesse pelo setor.

Espera-se, inclusive, que logo esse seja o carro-chefe da marca.

Mas por enquanto, sem a regulamentação da atividade no país, dificilmente ela ingressaria com tudo no mercado.

E vale lembrar que, há quatro anos, o MMN passou pelo maior obstáculo em sua história no Brasil.

Foi quando houve um verdadeiro boom de estelionatários se “apoderando” da ideia do marketing de rede para espalhar pirâmides pelo país.

No próximo tópico, vou falar mais desse movimento e explicar o que é pirâmide e o que é sistema multinível.

É muito provável que você conheça alguém que foi vítima de um desses golpes.

Isso de certa forma manchou a imagem do MMN no Brasil e contribuiu muito para o atraso que estamos vendo na adoção desse modelo comercial.

Mas o que virá no futuro, só o tempo dirá.

 

Qual A Diferença Entre Marketing Multinível E Pirâmide?

Chegou a hora de colocar os pingos nos is.

Como eu havia comentado, em 2013, várias empresas ganharam destaque com a prática do que chamavam de marketing multinível.

Nas redes sociais, surgiram novos milionários, que conquistaram fortunas em poucos meses e, aparentemente, com pouquíssimo esforço.

Imagem 5 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionários
Marketing multinível x Pirâmide 

Foi um show de ostentação, com vídeos nos quais mostravam suas recentes aquisições bancadas pelo sucesso no “MMN”: barcos, lanchas, helicópteros e automóveis de luxo.

Bens que custavam mais de R$ 200 mil, comprados após três, quatro, seis meses de participação no esquema, digo, no “negócio”.

Dava até inveja, confessa!

E deu mesmo. E a isca fisgou muita gente.

E praticamente todo mundo se deu mal.

Quando o Ministério Público e a Polícia Federal descobriram, a casa caiu.

Os “reis das pirâmides” fugiram do país e deixaram milhares (talvez milhões?) de brasileiros no prejuízo.

Muitos fizeram empréstimos para colocar mais dinheiro no que parecia uma boa oportunidade.

E lá se foram amizades, casamentos e sonhos.

Mas que bom seria se a ameaça das pirâmides tivesse acabado ali.

Mas não acabou.

Ainda hoje, quando o nome do verdadeiro marketing multinível tenta se recuperar da lama onde foi injustamente jogado, você pode ser tentado a participar de um esquema fraudulento.

Por sorte, é fácil identificar quando é pirâmide e quando é MMN de verdade.

Se Liga Nas Dicas Que Vou Dar Agora:

  • No MMN, sempre há um objeto de venda e dele sai a receita principal da empresa; na pirâmide, ou ele não existe ou a grana rola mesmo é pelo recrutamento.
  • No MMN, o distribuidor vende produtos para clientes de fora de sua rede; na pirâmide, uns remuneram aos outros e não há vendas.
  • No MMN, há uma empresa estabelecida, com sede, pessoas de verdade e suporte aos representantes e aos clientes; na pirâmide, só há divulgação nas redes sociais, vídeos na internet e grandes reuniões voltadas ao recrutamento.
  • No MMN, os distribuidores recebem treinamentos em vendas; na pirâmide, recebem apenas promessas de lucros rápidos e fáceis.
  • No MMN, a remuneração se dá por vendas, recrutamento e bônus pelas vendas da rede; na pirâmide, ganha bem só quem forma uma grande rede.
  • No MMN, é possível crescer na empresa e ocupar cargos de liderança; na pirâmide, só ascende quem já está no topo da hierarquia.
  • No MMN, a empresa fatura mais conforme vende; na pirâmide, a empresa fatura mais conforme recruta.

Qual A Importância Do MMN Para A Empresa?

“Poxa, vendo por esse lado, o MMN é um negócio interessante, pena que seja restrito a grandes empresas.”

Se você está pensando dessa forma, esqueça essa ideia, pois ela está equivocada.

Eu usei como exemplo empresas realmente gigantes, mas o fiz com o objetivo de explicar como o marketing multinível é um negócio de sucesso.

Imagem 6 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionários
Como vendedor  no Marketing multinível você participa dos lucros obtidos!

Isso não significa que só bilionários entram no jogo.

Aliás, nenhuma empresa já nasce bilionária, certo?

Então, para que fique claro: se você tem uma pequena empresa, pode adotar o marketing de rede como um modelo de vendas diretas.

Para isso, o passo básico é se diferenciar de uma pirâmide, seguindo as dicas que citei no tópico anterior.

Mais à frente, ainda neste artigo, vou falar sobre como entrar para esse mercado.

Por enquanto, quero que analise quatro vantagens muito interessantes do MMN para as empresas.

1. Aumenta a exposição de marca e de produtos

O marketing de rede atrai interessados em vender seus produtos por causa das características de remuneração, certo?

Então, há uma questão lógica aqui: quanto mais gente estiver trabalhando para a sua marca, mais ela estará em evidência no mercado.

É matemática pura: se você tiver um distribuidor em cada estado, terá um tipo de exposição do seu trabalho; se tiver 50 deles, terá um ganho de 5.000% em visibilidade.

Agora, vem a questão de um milhão de dólares: como colocar 50 pessoas em cada estado?

Como ter recursos para pagar por todos esses colaboradores, em especial se houver vínculo empregatício com a sua empresa?

Para uma pequena empresa, ficaria inviável, não fosse pelo MMN.

E olha que eu chutei um número baixo.

Conforme o tempo, sua empresa tende a adquirir ainda mais visibilidade.

E quanto mais participam dela, mais se fala sobre ela e mais interessados surgem.

De 50, você pode passar a 1.000. De 1.000, a 10.000. O céu é o limite!

2. Reduz os custos com a estrutura

Imagine qual seria o gasto de manter uma empresa com 1.000 trabalhadores contratados para fazer as suas vendas e divulgação?

Se cada um lhe custasse 2.000 por mês, teria uma despesa de R$ 2 milhões apenas com a folha de pagamento.

E o que dizer então dos gastos estruturais para acomodar essa gente toda?

É por isso que, se você tem esse tipo de ambição para o seu negócio, o marketing multinível é a solução.

Só mesmo através desse modelo comercial você pode ter tanta gente trabalhando para você, gerando receitas significativas, sem levá-lo à falência no primeiro mês.

3. Estimula a motivação e as vendas

Se você já foi um vendedor em algum momento da vida, sabe bem a diferença que faz ser bem remunerado pelo seu trabalho.

Uma das vantagens da carreira de vendedor, em qualquer tipo de empresa, é receber comissões pelas vendas, além do salário.

Só que o MMN vai além: ele oferece a possibilidade de ganhos ilimitados.

Pense como um vendedor agora: o quão motivado você ficaria para vender se soubesse que, quanto mais vender, mais vai receber?

E o quão interessado você ficaria em lapidar diamantes e montar um belo time, motivando todos para venderem mais e mais?

Agora, você entende por que o marketing multinível pode ser tão lucrativo para uma empresa que aposta nessa estratégia.

4. Favorece o teste de adesão dos produtos

Você confia no que produz, certo?

Faz tudo para oferecer o mercado o melhor produto possível, concorda?

Mas como as pessoas vão saber disso se não o experimentarem?

Esse é um “detalhe” que faz toda a diferença no MMN.

Assim que ingressam na empresa, os novos representantes adquirem um kit da marca e são os primeiros a testar seus produtos.

Em seguida, é natural que iniciem a divulgação e as vendas com amigos e familiares.

Nesse momento, seu produto começa a ser testado em escala.

E se ele é bom mesmo, como você garante, será esse o tipo de retorno que receberá dos distribuidores.

Resumindo: satisfação do cliente, representantes vendendo e dinheiro no bolso de todos.

Aprenda Mais Sobre O Marketing Multinível Com Os Livros

Uma excelente forma de aprender mais sobre o MMN antes de entrar com tudo nesse mercado é buscar a inspiração em livros.

Há vários autores de sucesso, tanto no Brasil quanto fora dele, que focam bastante na motivação, um componente imprescindível para uma carreira de sucesso no marketing multinível.

Imagem 7 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionários
Ter mais conhecimento sobre a área lhe deixará mais seguro e capacitado. 

Algumas Dessas Obras Agora:

Relaciono em ordem alfabética, pois deixo para você a tarefa de escolher o melhor.

Não é uma lista definitiva, portanto, sinta-se à vontade para sugerir outras nos comentários do artigo.

A Bíblia de Vendas

Autor: Jeffrey Gitomer

Editora: M. Books

Best-seller que já recebeu o título de “melhor livro de vendas já publicado”.

Traz os 10,5 Mandamentos do Sucesso em Vendas de Jeffrey Gitomer.

É um guia para atingir metas e resultados almejados.

A Nova Lógica do Sucesso

Autor: Roberto Shinyashiki

Editora: Gente

Shinyashiki ensina a desenvolver uma mente campeã.

É uma leitura ideal para quem deseja encontrar o sucesso e o ciclo da riqueza progressiva.

Aprenda a cativar e influenciar uma equipe para gerar resultados extraordinários.

Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas

Autor: Dale Carnegie

Editora: Companhia Editora Nacional

Um livro com mais de 50 edições nem precisa de maiores comentários.

São mais de 30 milhões de exemplares vendidos, sendo de grande valia para o desenvolvimento de estratégias de comunicação e de auxílio mútuo entre as pessoas.

Escola de Negócios

Autores: Robert Kiyosaki e Sharon L. Lechter

Editora: Alta Books

Muitas gente quer saber por que Kiyosaki recomenda o marketing de rede, mas não participa de nenhuma empresa do setor.

Nessa obra, ele explica e traz dicas valiosas para agarrar essa oportunidade com as duas mãos.

Go Pro: 7 passos para se tornar um profissional do marketing de rede

Autor: Eric Worre

Editora: Rumo Ao Topo

Essa é a bíblia do MMN. Pode, tranquilamente, ser usado como manual fácil de aplicar para iniciantes na atividade, já que ensina a prospectar, recrutar e lapidar diamantes no marketing multinível.

Multiplicando Bem Estar

Autor: Sergio Buaiz

Editora: Chance Network

Esse é um dos melhores livros para quem deseja montar uma rede de vendas imbatível no MMN.

Promete ao leitor alcançar um potencial de expansão ilimitado, de distribuidor a qualificador e alçado a top.

Network Marketing com a Esperteza das Ruas

Autor: Robert Butwin

Editora: Record

Butwin, um dos editores do Upline – Journal for Network Marketing, uma publicação voltada ao marketing multinível, ensina nessa obra como montar um negócio de MMN próprio e bem-sucedido.

O Básico

Autor: Don Failla

Editora: Record

Esse é considerado como o livro de bolso do MMN. Mas o seu formato pequeno esconde um grande e precioso conteúdo. Leia e entenda a fórmula de sucesso de Don Failla: a apresentação no guardanapo.

O maior vendedor do mundo

Autor: Og Mandino

Editora: Record

Você quer saber qual o verdadeiro segredo do sucesso nas vendas?

O que cabe a você para alcançar o posto de maior vendedor do mundo? Descubra nessa grande obra de Og Mandino, que vai lhe inspirar e abrir novos horizontes.

O Negócio do Século XXI

Autor: Robert Kiyosaki

Editora: Alta Books

Quer empreender? Kiyosaki ensina como.

Se é em busca de um negócio perfeito que você está, Kiyosaki mostra o caminho. O autor é um dos grandes defensores do MMN e, nessa obra, ensina a construir um projeto de futuro sólido.

O poder da persuasão

Autor: Robert B. Cialdini

Editora: Alta Books

Você pode ser mais influente do que imagina.

Essa é a aposta de Cialdini para apresentar sua magnífica obra, na qual ensina seis segredos psicológicos e como os persuasores habilidosos os utilizam para conquistar vitórias pessoais e profissionais.

O poder do pensamento positivo

Autor: Norman Vincent Peale

Editora: Cultrix

Um dos segredos do sucesso no MMN é ter confiança em si mesmo, aprender a utilizar a energia em seu favor, fazer as pessoas gostarem e acreditarem em você.

O caminho para  esses objetivos está na obra de Peale.

Os Segredos da Mente Milionária

Autor: T. Harv Eker

Editora: Sextante

Se você tem problemas com as finanças, saiba que pode ser obra de um modelo destrutivo através do qual você foi moldado.

Mas há outros modos de pensar e agir, os quais distinguem os ricos dos demais.

Se você quer ser um milionário também, Eker ensina.

Os segredos das apresentações poderosas

Autor: Roberto Shinyashiki

Editora: Gente

As pessoas de sucesso sabem se comunicar e, principalmente, sabem se vender.

No marketing de rede, essa é uma habilidade indispensável tanto para recrutar, quanto para vender os produtos da marca que representa.

Por tudo isso, o livro de Shinyashiki é maravilhoso.

Pense e Enriqueça

Autor: Napoleon Hill

Editora: Best Seller

Você sabe o que as vidas de milionários americanos como Thomas Edison, Henry Ford e Theodore Roosevelt têm em comum?

Hill pesquisou, descobriu e conta tudo em seu livro. É um clássico da autoajuda financeira.

Quem Vende, Enriquece

Autor: Napoleon Hill

Editora: Fundamento

Nesta obra, Hill se baseia na própria experiência e na carreira de outros profissionais para apresentar uma receita do vendedor de sucesso.

Como prospectar, como abordar e como planejar uma estratégia vencedora são algumas das lições.

Como Entrar Para O Mercado De MMN?

Imagem 8 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionários
Pesquise e busque pelas melhores informações antes de aplicar o MMN em sua empresa.

Com tanta informação útil, você já deve estar ansioso para entrar no mercado de MMN, não é?

A principal dica que posso dar, tanto se você quer aplicar o modelo de marketing de rede na sua empresa, quanto se pretende ser um representante de outra marca, é buscar quem concede um atestado de confiabilidade ao MMN.

Estou falando da ABEVD, a Associação Brasileira das Empresas de Vendas Diretas.

Se a empresa que lhe oferece a oportunidade não é uma associada, você não tem garantia da sua idoneidade.

Da mesma forma, se você pensa em investir nesse mercado, é importantíssimo se associar à ABEVD.

Curta só este vídeo que a entidade preparou.

Mas uma empresa que opera algum esquema criminoso contra a economia popular também poderia se filiar à ABEVD e enganar a todos, certo?

Infelizmente, de más intenções a terra está cheia.

Mas eu convido a visitar o site da entidade, ler sobre seus regulamentos e sua forma de atuação.

Eu garanto que, ao se aproximar dela, você automaticamente se afastará das pirâmides.

Conclusão

O marketing multinível é um negócio que faz milionários.

Imagem 9 - MMN conheça mais sobre o negócio que faz milionários
Para alcançar o sucesso basta correr atrás e ter foco em suas metas.

São muitas as possibilidades de ganhar dinheiro, de gerar fortuna, de enriquecer e mudar de vida.

Mas o sucesso não chega para todos, pois como bem ensina Robert Kiyosaki, o MMN não é para qualquer um.

Mais do que habilidade para vender e recrutar, é preciso ter organização, disciplina e controle mental.

As mudanças podem ser rápidas e a revolução em sua vida exige estar preparado.

Só os mais fortes prosperam. Você está preparado?

Espero que a resposta seja positiva.

E se o meu artigo contribuiu de alguma forma para lhe dar mais segurança, o texto cumpriu seu objetivo.

MMN x Marketing de Rede é a mesma coisa?

Nos dias de hoje, quando se fala em ganhar dinheiro, seja online, seja offline, o marketing é um termo que sempre aparece.

Além de ser fundamental para que uma empresa tenha seu faturamento, existem várias formas de ganhar dinheiro especificamente com o marketing, e é isso que atrai um grande número de pessoas.

No entanto, é preciso saber, por exemplo, que o marketing se manifesta de várias formas. Saber escolher qual o tipo de marketing que lhe seja interessante para ganhar um dinheiro extra é a melhor forma para se envolver nesse nicho de mercado.

Sim! O marketing de rede e marketing multinível (MMN) são a mesma coisa

O chamado marketing multinível (daqui pra frente vamos simplesmente chamar de MMN) é extremamente conhecido e é a mesma coisa que marketing de rede, são duas formas de nomear um mesmo conjunto de estratégias.

Esse sistema deriva do esquema de vendas diretas (vendedores que oferecem os produtos de “porta em porta”, ou “boca a boca” se preferir) e é bem eficaz para os nichos de mercados aos quais se presta (e não para todos).

Quais são as vantagens?

Uma das maiores vantagens do marketing multinível é o fato de que ele praticamente elimina os gastos com publicidade, sendo muito mais focado na chamada “propaganda boca a boca”, que tende a trazer bons resultados!

A empresa vai comercializar os seus produtos ou serviços por meio das vendas diretas, ou seja, terá vendedores que levarão esses bens para os consumidores.

Muito mais eficiente do que uma propaganda feita por atores, onde apenas fazem a propaganda sem saber se o produto realmente cumpre o que promete. Os atores estão atuando e são pagos para isso.

No MMN, o vendedor também é um cliente, por isso ele pode informar com exatidão sobre o produto ou serviço, já que consome ou utiliza o serviço em questão.

Poderá dar o próprio testemunho dos benefícios do produto ou serviço, fazendo com que a venda seja feita com a maior veracidade possível, já que usa e aprova o produto ou serviço também, e ainda poderá esclarecer qualquer dúvida que o cliente tenha ou venha a ter no futuro.

Não se ganha apenas vendendo, mas indicando novos distribuidores também

No entanto, o grande detalhe é: os representantes comerciais terão a missão de indicar outras pessoas para trabalhar exercendo esse mesmo cargo e, normalmente, cada recomendação é premiada pela empresa.

Além disso, a pessoa que recomendou um vendedor terá uma porcentagem de comissão sobre as vendas daquele vendedor, fazendo com que o sistema seja benéfico e rentável para todos os membros.

De onde vem o nome Marketing de Rede?

Dessa forma, aos poucos vai se formando uma rede (por isso ele também é conhecido como marketing de rede) em que um vendedor que já está trabalhando para a empresa há um certo tempo e, por isso, já indicou vários outros representantes, acaba adquirindo uma espécie de autonomia dentro do negócio.

Para a empresa, essa é uma estratégia interessante, pois faz com que um número cada vez maior de pessoas possa conhecer os produtos ou serviços que são vendidos. Tanto é verdade que esse sistema de marketing já é usado desde 1941, sendo cada vez mais aprimorado e aplicado nos dias de hoje e em todos os nichos de mercado.

Tanto é verdade que hoje tem até uma empresa de network marketing inserida no mercado de e-commerce, também conhecido como comércio eletrônico. Um nicho que movimenta trilhões de dólares anualmente.

VENHA PARA A MAIOR EMPRESA BRASILEIRA DE MARKETING DE REDE!

CADASTRE-SE AQUI!

Como Ganhar Dinheiro com o Marketing de Rede?

Como Ganhar Dinheiro com MMN
O marketing de rede, também conhecido como marketing multinível (MMN), é uma estratégia de marketing que surgiu nos Estados Unidos, no final da década de 1940, associado a empresas que trabalhavam com vendas diretas.

Hoje em dia, existem basicamente “dois tipos” de marketing de rede, um chamado “online” e outro chamado “offline”. Veja que isto é apenas uma nomenclatura, não significa que um seja através de internet e o outro não.

O marketing offline

O marketing de rede “offline” são aqueles em que se trabalha com produtos físicos. Para tal, a empresa deve ter um escritório físico no país em que trabalha, para poder atender seus distribuidores e organizar os pontos de armazenamento dos produtos que serão posteriormente entregues aos distribuidores e/ou clientes.

A nomenclatura “offline” não significa que não está inserido na internet, pois hoje em dia a maioria das empresas tem seu escritório virtual (back office) disponível aos seus distribuidores.

O marketing online

Os considerados marketing “online” são aqueles que trabalham com serviços de internet, basicamente com prestação de serviços. Não existe um produto físico, mas “produtos digitais” e/ou serviços.

A vantagem desse tipo de marketing de rede, é a não obrigatoriedade de se ter um escritório físico no país em que atua. Por isso esse tipo de marketing de rede cresce em ritmo acelerado, podendo estar em dezenas de países, em alguns casos centenas de países, logo após o lançamento da empresa no mundo digital!

Como funciona o marketing de rede

Desde então, essa estratégia continua sendo utilizada, ainda que tenha passado por adaptações, para corresponder às mudanças que o próprio mercado sofre. A boa notícia é que ainda hoje é possível ganhar dinheiro com marketing de rede, e você vai descobrir agora os detalhes.

No marketing de rede, os produtos ou serviços são levados do fornecedor para o cliente quase que diretamente, por meio de representantes. Para os empresários, há a grande vantagem de eliminar custos com “atravessadores” e também com publicidade, já que nessa estratégia, o que vale mesmo é a propaganda “boca a boca”.

Pois bem, aqueles que não têm uma empresa e querem aproveitar o sucesso do marketing de rede para faturar, deverão ser representantes comerciais, revendedores.

Funciona da seguinte forma: você deverá indicar outras pessoas para trabalhar nesse mesmo cargo que você, e ganhará uma comissão por essa indicação (se a pessoa que você selecionou realmente começar o trabalho).

Como ganhar dinheiro

Além disso, agora é que vem a parte mais interessante para quem quer ganhar dinheiro: você vai receber uma comissão sobre as vendas executadas por esses representantes que você indicou.

Ao longo do tempo, é como se você revendesse e também tivesse os seus próprios representantes comerciais, ganhando tanto com as suas vendas quanto com as deles. O que se forma é uma grande rede e é dela que vem o nome dessa estratégia.

Para os empresários, investir no marketing de rede sempre vai representar uma grande oportunidade de lucrar. Afinal, vai conseguir espalhar revendedores por todos os lugares, sem gastar com publicidade e de uma forma que o produto ou serviço chega diretamente nas mãos dos clientes.

E quem for revendedor também pode faturar bastante, mas para isso, procure rapidamente uma empresa que trabalhe com o marketing de rede para começar logo. É importante começar a estabelecer contatos e influências, visto que a maior rentabilidade vai vir das indicações que você fizer.

Faça seu Cadastro no link abaixo

 

O MMN e as Suas Possibilidades Reais

Quando se trata do tão famoso marketing de rede ou marketing multinível (MMN), algumas estratégias acabam se tornando confusas, de modo que os empreendedores ou mesmo quem espera ganhar dinheiro com o marketing de rede fica em dúvida em relação às aplicações, com medo de acabar entrando em uma grande furada.

O inicio de tudo…

O marketing de rede também pode ser chamado de marketing multinível (e a partir de agora vou tratar apenas por MMN), surgiu nos Estados Unidos no início do século XX, mais precisamente em 1903, e se propagou pelo mundo todo depois disso.

Trata-se de uma ferramenta baseada totalmente no sistema de vendas diretas, ou seja, quando os produtos são encaminhados do fabricante diretamente para o cliente, sem passar por atravessadores.

Cortando gastos

Eliminar os atravessadores já é uma tendência das empresas que querem cortar custos, e essa tendência tem se tornado mundial, e isso gera o cenário propício para o desenvolvimento e execução do marketing de rede.

Tudo começa com um único distribuidor que assume a responsabilidade de levar os produtos das fábricas para os consumidores, aproveitando para fazer a tão famosa “propaganda boca a boca”, já economizando com a publicidade.

Esse distribuidor vai nomear outros distribuidores para trabalharem para ele, tanto na entrega dos produtos quanto na divulgação, e assim vai formando uma rede, daí o nome “marketing de rede”. Os participantes da rede colaboram tanto vendendo e consumindo o produto, quanto indicando outras pessoas para entrarem no sistema, para que essa rede possa ser sempre ampliada.

O segredo esta em consumir o produto. É dessa forma que é feita a propaganda “boca a boca”. Assim é possível mostrar ao cliente os benefícios do produto, já que o próprio distribuidor o usa e mostra a utilidade, pois ele mesmo dá seu próprio depoimento.

Mas nem tudo é fácil

O marketing de rede só funciona com muito trabalho e dedicação, mas muitos afirmam que se trata de uma furada, e ele realmente pode ser. Algumas empresas de vendas diretas exigem que os distribuidores se apropriem de quantidades muito grandes do produto que será revendido, e é aí que o negócio pode desandar caso não se encontre compradores suficientes.

Assim como a polêmica, o risco sempre vai existir nesse tipo de estratégia de marketing, por isso, quem quer apostar nesse nicho de mercado para faturar, precisa primeiramente conhecer em detalhes o fabricante do produto e pesquisar o público-alvo, para se certificar de que vai ter para quem vender.

Pesquise antes de tudo

Mas nem todas as empresas obrigam a fazer grandes estoques do produto. Por isso, se você estiver interessado em entrar no mercado do MMN, procure uma empresa que se identifique e que não exige grandes investimentos da parte do distribuidor.

Busque saber a idoneidade, tanto da empresa quanto dos fundadores. É dessa forma que você terá certeza de não estar entrando em uma grande roubada.

Hoje em dia existem MMN, tanto de produto quanto de serviço. Existem também aqueles que trabalham com produtos digitais e serviços digitais também.

Então pesquise bastante antes de entrar em uma empresa de MMN, pois diferentemente dos esquemas de pirâmides financeiras, é necessário dedicação e trabalho árduo. Mas para quem esta determinado a ganhar dinheiro nesse mercado, as possibilidades são reais!

Fonte: Virtual Marketing Pro

O Que É Marketing Multinível?

Um mercado que vem crescendo enormemente no Brasil, que engaja pessoas que desejam maior liberdade profissional com ganhos acima da média de uma empresa comum, o marketing multinível é hoje uma das soluções mais procuradas pelos empreendedores.

Por se tratar de um modelo de negócio diferenciado, que prima pelo relacionamento ao invés da publicidade, o marketing multinível ou marketing de rede, como também é conhecido, cria vínculos e fideliza clientes por meio de uma rede de relacionamentos que se estabelece por meio de recomendações, o famoso “boca a boca”. Mas como isso funciona?

A empresa que investe em marketing multinível recruta distribuidores independentes para que estes realizem a venda de seus produtos para a sua rede de relacionamentos, sejam familiares, amigos ou conhecidos. Após um intenso treinamento sobre o produto, os distribuidores podem ainda recrutar novas pessoas para se tornarem novos distribuidores, realizando treinamentos e dando apoio até que o novo membro da rede tenha todas as condições de conduzir o mesmo processo com outras pessoas.

A partir da venda de produtos e do treinamento de novos membros, o distribuidor recebe um bônus ou comissão, de acordo com o plano de compensação da empresa que produz os bens ou serviços. Quanto mais produtos forem vendidos e quanto mais pessoas entrarem na rede, mais o distribuidor ganha, ou seja, o ganho financeiro depende do empenho de cada um em aumentar a rede de relacionamentos.

Dentro desta perspectiva, a empresa não fica limitada a um departamento comercial, pois os seus representantes estão espalhados por todos os lugares. Sendo assim, o potencial de expansão do negócio é gigantesco, com baixo risco e retorno garantido. Mas existe uma regra de ouro neste negócio: os produtos ou serviços devem agregar valor para os consumidores, pois somente com produtos de qualidade, que façam a diferença, é que a empresa e seus produtos ou serviços serão recomendados para mais pessoas.

Neste mercado, o objetivo principal é tornar o produto conhecido e conquistar consumidores por meio de um trabalho de construção de imagem da empresa perante as pessoas que fazem parte da network de cada distribuidor, criando assim um círculo virtuoso de recomendações.

Conheça uma das maiores empresa neste segmento Clique Aqui

Fonte: administradores.com.br

AudioBook O Negócio do Século XXI – Kiyosaky, Robert

https://www.youtube.com/watch?v=tOeqNgobgMw

Resumo de livro: O Negócio do Século XXI

Robert Kiyosaki, autor de “Pai Rico, Pai Pobre”, lançou em 2011 no Brasil um livro que fala do marketing de rede como o negócio século XXI. Você sabe o que é marketing de rede? Marketing de rede é um

[…] modelo de negócio em particular [que] cria renda passiva, mas requer relativamente pouco investimento em dinheiro para começar. As despesas são muito baixas e pode ser administrado em uma base flexível de meio período até que gere dinheiro suficiente para que o empresário faça a transição de seu trabalho em tempo integral atual.

Trecho extraído do livro, Cap. 6 – pos. 777

Se você tem dúvidas sobre este tipo de negócio, se já “ouviu falar” mas nunca buscou entender melhor, vale a leitura. Se você já é um profissional desta área, vale a leitura. Se você é do tipo preconceituoso que acha que sabe tudo e não quer nem ouvir falar neste assunto… bem… aí eu recomendo crescimento interior em primeiro lugar, acompanhado da leitura do livro, que vale até pra você. 

O livro

111590592_1GG

De maneira bem geral, é um livro bem interessante e que segue a mesma linha do Kiyosaki de “Pai Rico, Pai Pobre”: simples, direto ao ponto, honesto e claro. É um livro sem proposta de “milagres” mas bastante esclarecedor sobre marketing de rede e as razões pelas quais os autores pensam ser este um negócio para proporcionar crescimento pessoal, democracia financeira e alavancagem de recursos para pessoas dos mais diversos tipos.

Para entender bem o livro, um dos conceitos que o autor aborda é o de “quadrantes” (onde você se encontra, relativamente à maneira como obtem dinheiro). Um quadro-resumo está abaixo:

Quadrante-Robert-Kiyosaki1

A partir disto é possível entender os destaques abaixo. Qualquer dúvida podemos discutir na área de comentários. Caso deseje, compre o livro e tire suas dúvidas diretamente com o autor.

Destaques realizados

Página 21 | posição 546-547

“Se você é o líder e é também a pessoa mais inteligente dessa equipe, então sua equipe está em apuros.”

 

Página 22 | posição 566-566

“Se eu parar de trabalhar hoje, quanto de renda continuará a entrar?”

 

Página 24 | posição 592-596

Se você quiser assumir o controle sobre sua vida e seu destino, se quiser a verdadeira liberdade – a liberdade de tomar decisões, de definir seu horário, de desfrutar tempo com sua família e ter tempo para si mesmo, fazendo as coisas que gosta de fazer – se você quer viver a vida que merece, sem cerceamentos, uma vida de paixão e entusiasmo e satisfação, em suma, se quer ser rico e viver como tal, então é hora de arrumar suas coisas e se mudar.

Neste ponto o autor aborda “mudar de endereço” ou de “quadrante” como ele explora.

 

Página 27 | posição 648-650

Dos vencedores de loterias nos Estados Unidos que ganham mais de $3 milhões cada, 80% perdem tudo em três anos. Por quê? Porque o dinheiro, por si só, não os faz ricos.

 

Página 28 | posição 651-652

Sua mente é infinita. Suas dúvidas é que são limitantes.

 

Página 29 | posição 675-679

[…] uma das belezas do mundo empresarial do século XXI é que todas as bases negociais já estão preparadas – e você tem, para guiá-lo, líderes experientes comprometidos com seu sucesso. Mas não se engane: para tanto, é você que terá de fazer acontecer. E, para que isso aconteça, é preciso ter a mentalidade de um empresário. Caso contrário, não importa quão bom seja o empreendimento ou quão fantásticos sejam seus professores, será difícil obter bons resultados.

 

Página 30 | posição 689-690

Quando você está conversando com alguém que valoriza o fato de ter um emprego, é difícil explicar por que talvez não esteja em busca de um.

 

Página 31 | posição 696-699

Muitas vezes ouço as pessoas dizerem: “É preciso dinheiro para ganhar dinheiro.” Isso é papo furado! Nossa jornada de sem-teto a milionários em quatro anos e, depois, a obtenção da genuína liberdade financeira em mais cinco anos, não requereu dinheiro. Não tínhamos dinheiro quando começamos – na verdade, estávamos endividados – e ninguém nos deu nada ao longo do caminho.

 

Página 31 | posição 704-707

Trabalho árduo não vai enriquecer você Há essa ideia estranha em nossa cultura que diz: “Se você trabalhar duro, tudo acabará bem.” Que conversa fiada! E o que é ainda mais trágico é que a maioria das pessoas sofreu lavagem cerebral para acreditar nisso – e acredita –, mesmo estando cercadas por toneladas de evidências que provam o contrário.

 

Página 32 | posição 724-724

Você assume o controle.
Você pode controlar a fonte de sua renda.

 

Página 33 | posição 742-743

A maioria das pessoas não tem resistência emocional, física ou financeira para lidar com essas condições. Pode ser brutal, e geralmente é.

 

Página 34 | posição 763-766

Não é apenas garantir renda hoje, amanhã e a semana seguinte; trata-se de garantir renda perpetuamente. Isso é renda passiva, também conhecida como renda residual: renda que continua chegando, mais e mais, muito tempo depois que você já terminou de gastar capital e esforço físico necessários para criar essa fonte de renda.

 

Página 34 | posição 774-774

Riqueza não é um jogo de soma zero; se você ficar rico, não estará tirando dinheiro [de outras pessoas] […]

 

Página 40 | posição 809-810

[…] ainda que o sucesso pessoal seja gratificante, é muito mais gratificante quando você pode ajudar os outros a criarem o próprio sucesso também.

 

Página 42 | posição 842-844

Em suma, se eu tivesse de fazer tudo novamente hoje e começar do zero, em vez de construir um negócio no estilo antigo, começaria construindo uma empresa de marketing de rede.

 

Página 43 | posição 871-872

[…] venda direta/marketing de rede representam hoje mais de $110 bilhões em vendas anuais no mundo […]

 

Página 44 | posição 879-882

um negócio no quadrante D como tendo pelo menos 500 funcionários. No marketing de rede, você não contrata funcionários; patrocina indivíduos que são todos representantes independentes. Mas a mesma dinâmica financeira se aplica: no momento em que sua rede de representantes independentes passa a ser de 300, 400 ou 500, você tem uma organização séria que proporciona renda residual significativa.

 

Página 46 | posição 906

Quando as pessoas assistem a uma apresentação de marketing de rede, muitas vezes a principal pergunta que fazem é: “Se eu aderir a este negócio, quanto de renda posso ganhar?” […] O problema com o rendimento do trabalho é que o processo é incrivelmente limitado e linear. Trabalhe uma hora, ganhe X; trabalhe duas horas ganhe 2X. Depende de você, ou seja, você nunca pode parar. Como eu já disse, é uma armadilha.

 

Página 47 | posição 916-916

O quadrantes D e I nada têm a ver com ganhar mais; eles tratam da aquisição de bens – ativos que gerem renda.

 

Página 47 | posição 919-921

Em outras palavras, está gerando dinheiro que vai para seu bolso, ou está tirando dinheiro do seu bolso? Todas as coisas nos fazem ou nos custam dinheiro. Se não fizer dinheiro, não é um ativo, é um passivo. […]

onde está o valor, a renda real discricionária que você pode segurar em mãos e usar para comprar ou investir em qualquer coisa que queira? Não existe: não há renda alguma. Sua casa não é um ativo; é um buraco no chão em que você coloca dinheiro.

Um ativo é algo que trabalha para você, para que, então, você não tenha de trabalhar para o resto da vida.

Dado que possuir um negócio significa possuir um ativo, quando você constrói um marketing de rede, não está apenas aprendendo habilidades importantes, mas também construindo um ativo real para si mesmo. Em um trabalho, você ganha salário. No marketing de rede, em vez de ganhar salário, você constrói um ativo – o seu negócio – e o ativo gera renda.

o ativo número um é, em geral, uma empresa e o ativo número dois é tipicamente imobiliário

“O valor da minha casa subiu. O valor do meu carro subiu.” Isso é ganho de capital, não fluxo de caixa.

Por que gastar décadas, os melhores anos de sua vida, se desgastando para construir algo que não é um ativo? Ou, para ser mais preciso, para construir ativos para outras pessoas – não para si próprio?

 

Página 49 | posição 959-962

Nós temos essa ideia, incrustada em nós, de que há algum tipo de valor inerente em se ter um bom emprego, mas não há absolutamente valor algum nisso – zero. E, para enfiar o dedo ainda mais nessa ferida, a renda do seu trabalho é, então, tributada a uma alíquota mais elevada do que qualquer outra forma de renda. Isso é que é jogar contra você! No entanto, esse é o preço que algumas pessoas estão dispostas a pagar pela “proteção e a segurança” do quadrante E.

 

Página 49 | posição 971-974

Muitas vezes, assume-se que ser bem-sucedido no negócio de marketing de redes significa ser “excelente vendedor”. Mas o objetivo da rede não é vender muito do seu produto ou serviço específico, porque, não importa o quão bom você seja – e sejamos honestos, se você é como a maioria das pessoas, nem acha que é muito bom no que faz –, há limite para a renda que você pode ganhar vendendo. Afinal, quantas horas há no dia, certo?

 

Página 52 | posição 1001-1001

Se você quer ser bem-sucedido financeiramente, há três tipos diferentes de educação exigidas: acadêmica, profissional e financeira.

 

Página 53 | posição 1019-1019

Ser um empreendedor e construir um negócio no quadrante D não é fácil.

 

Página 55 | posição 1060-1061

Por exemplo, tive de aprender a superar minha insegurança, timidez e medo de rejeição. Outra habilidade de desenvolvimento pessoal que tive de aprender foi como levantar, sacudir a poeira e seguir em frente, depois de fracassar.

O marketing de rede ensina as pessoas a superarem seus medos, a se comunicarem, a entenderem a psicologia de outras pessoas dizendo “Não” para elas e a manterem a persistência em face da rejeição e de outros desafios do mundo real.

“onde você ganha enquanto aprende”.

O marketing de rede é uma escola de negócios do mundo real para as pessoas que querem aprender as habilidades do mundo real de um empreendedor, e não as habilidades de um empregado.

 

Página 59 | posição 1124-1125

[…] a única maneira pela qual as pessoas fracassam é quando desistem.

 

Página 61 | posição 1155-1156

Aprender a contar uma história poderosa é aprender a se mostrar como o vencedor que você é.

 

Página 61 | posição 1156-1157

A maioria das pessoas não tem a capacidade de seguir em frente, de lidar com a decepção e de nunca perder de vista o caminho que percorrem.

 

Página 62 | posição 1169-1170

O marketing de rede dá a você a oportunidade de enfrentar seus medos, lidar com eles, superá-los e trazer à tona o vencedor que vive dentro de você.

 

Página 62 | posição 1177-1177

Garanto: haverá momentos em que será tentador deixar o espetáculo por conta do perdedor. Não deixe isso acontecer.

 

Página 65 | posição 1225-1225

[…] sua renda tende a ser aproximadamente igual à média da renda de seus cinco amigos mais próximos.

 

Página 66 | posição 1236-1237

Se você estiver considerando construir o próprio negócio, precisa estar extremamente consciente das pessoas com as quais se relaciona e quem são seus professores

 

Página 66 | posição 1243-1244

Você pode ter amigos que dirão que você está louco, que é um otário ou que está cometendo um grande erro. Você pode até mesmo perder amigos […]

 

Página 67 | posição 1260-1262

[…] de acordo com a Direct Selling Association (DSA), muitas pessoas que se unem a empresas de marketing de rede e ali permanecem classificam a rede social a que pertencem como uma prioridade ainda maior do que a renda que recebem.

A rede em si é mais importante que a renda.

 

Página 68 | posição 1280-1281

O poder não está no produto; o poder está na rede. Se você quiser ficar rico, a melhor estratégia é encontrar um meio de construir uma rede forte, viável, com possibilidade de crescimento.

 

Página 69 | posição 1301-1302

As empresas que compõem a indústria do marketing de rede já oferecem a milhões de pessoas, exatamente como você, a oportunidade de construir as próprias redes, em vez de passar a vida trabalhando para as redes de outras pessoas.

 

Página 70 | posição 1303-1303

Lei de Metcalfe. V = N².

Valor = Número de pessoas trabalhando comigo ao quadrado. Quanto eu valho?

 

Página 71 | posição 1327-1330

Depois das franchises, o próximo passo no desenvolvimento de negócios em rede começou nos anos 1960, acelerando-se nas décadas de 1970 e 1980. Em vez de uma rede de empresas franqueadas, esse modelo se construiu através de uma rede de indivíduos franqueados. Em certo sentido, você poderia chamar isso de “franquia pessoal”.

 

Página 73 | posição 1367-1369

Como participante de uma empresa de marketing de rede, você talvez pense que seu trabalho consiste em demonstrar e vender um produto. Não é. Seu trabalho é comunicar informações, para contar uma história poderosa e construir uma rede.

 

Página 75 | posição 1400-1401

A capacidade para duplicar é a chave mágica aqui, não a capacidade de ser um vendedor de elite.

 

Página 76 | posição 1413-1416

[…] o que dá a seu negócio de marketing de rede o poder real não é o que você pode fazer, é o que pode duplicar. Em outras palavras, você quer construir seu negócio de uma forma que praticamente qualquer outra pessoa pode facilmente copiar. Por quê? Porque outros copiando o que você faz é exatamente o que você quer que aconteça – o que você precisa que aconteça. Isso é o que cria seu sucesso.

 

Página 79 | posição 1479-1480

Você precisa desenvolver as habilidades que leu na parte de Ativo 1: a capacidade de ter autoconfiança, suportar a rejeição, comunicar-se, ser um grande contador de histórias, importar-se com as pessoas, ser um bom coach e todo o resto.

 

Página 82 | posição 1521-1522

O dinheiro não flui para as empresas com os melhores produtos ou serviços. O dinheiro flui para as empresas com os melhores líderes.

 

Página 83 | posição 1537-1538

A comunicação afeta todos os aspectos da vida – e esta é a principal habilidade que o marketing de rede ensina.

 

Página 84 | posição 1549-1552

Comecei a perceber que uma empresa de marketing de rede se baseia nos líderes erguendo as pessoas, enquanto um negócio de empresas tradicionais ou do governo se baseia em promover alguns apenas, mantendo a massa de trabalhadores satisfeita com um salário fixo. Estes instrutores no mundo do marketing de rede não saem dizendo: “Se você não produzir, perderá o emprego.” Em vez disso, dizem: “Deixe-me ajudá-lo a fazer cada vez melhor. Enquanto você quiser aprender, estarei aqui para lhe ensinar. Estamos no mesmo barco.”

 

Página 84 | posição 1560-1563

Os militares desenvolvem um tipo de líder que inspira os homens e as mulheres a defenderem seu país. O mundo dos negócios desenvolve um tipo de líder que constrói equipes para vencer a competição. O marketing de rede tende a desenvolver o tipo de líder que influencia outros a serem grandes professores, ensinando a realizarem os sonhos de sua vida.

 

Página 86 | posição 1591-1592

[…] estar na linha de frente significa não se importar com o fato de você ser ou não apreciado.

 

Página 88 | posição 1614-1616

Riqueza não é o mesmo que dinheiro. A riqueza não é medida pelo tamanho da renda. A riqueza é medida em tempo. Se tudo o que tenho em meu nome é $1 mil na poupança e na conta-corrente combinadas, e minhas despesas diárias são de $100, então minha riqueza é igual a 10 dias. A riqueza é a capacidade de sobreviver certo número dias à frente.

O conceito que Harv Eker traz em “Os Segredos da Mente Milionária” já é diferente, baseado em patrimônio (o que eu tenho menos o que eu devo).

 

Página 88 | posição 1624-1625

Kim e eu fomos capazes de nos aposentar bem cedo, sem emprego, sem a assistência do governo e sem qualquer negociação em ações ou fundos de investimentos.

 

Página 89 | posição 1636-1637

[…] fazer um negócio deslanchar normalmente leva cerca de cinco anos.

 

Página 90 | posição 1652-1653

[…] se você sugar toda a renda de seu novo negócio para queimar em despesas mensais pessoais, então não está construindo um negócio; está apenas construindo outro emprego.

Como você reinveste em seu negócio, então? Certamente, há lugares em que você pode investir algum dinheiro sabiamente: em treinamento e educação consigo, em viagens para apoiar sua crescente rede em outras cidades, em ferramentas promocionais e educacionais e recursos para ajudar a nutrir o negócio.

3) Investir em imóveis

A menos que você seja realmente experiente e tenha dinheiro em abundância na mão para usar quando precisar, colocar nada de entrada pode vir a ser o investimento mais caro de sua vida.

 

Página 95 | posição 1743-1744

Esforçar-se, aprender e dar o melhor de si para desenvolver seu poder pessoal de pagar pela mansão – e o que você se torna no processo –, isso, sim, é o que importa.

 

Página 97 | posição 1788-1789

[…] sabe, já fui duro – totalmente, absolutamente, vivendo no meu carro com minha noiva. Sei como é. Mas estar duro é uma condição temporária. Ser pobre é diferente. Ser pobre é um estado de espírito.

Não importa o quanto você esteja falido, a única maneira de se tornar pobre é desistir de seus sonhos.

A coisa notável sobre o estilo de vida do marketing de rede é que você não enquadra seus sonhos como algo que só atingirá após 40 anos, ou apenas em algumas semanas no calendário, ou somente nas tardes de domingo. Quando você começa a construir sua rede, começa a viver seus sonhos, ainda que pequenos a princípio, desde o primeiro dia. É uma mudança de mentalidade, de “não posso” para “eu posso”; de estar à mercê das circunstancias para ter o comando de sua vida; de ser escravizado para ser livre.

 

Página 102 | posição 1869-1873

No mundo do marketing de rede, a própria ideia de um teto de vidro para as mulheres é ridícula. Sua empresa de marketing de rede não se importa se você é do sexo feminino ou masculino, preto ou branco, graduado em faculdade ou desistente do ensino médio. Ela só se preocupa em saber se você é diligente e eficaz na construção de sua rede e, como apontei, há quatro vezes mais mulheres do que homens fazendo exatamente isso. A chave é habilidade, educação e experiência. Para as mulheres, não há limites, telhados de vidro ou qualquer outra coisa no mundo do marketing de rede.

Página 103 | posição 1907-1909

[…] um plano-negocial-de-festas (party-plan) – um tipo de negócio de marketing de rede que gira em torno de festas em casa – é ideal para as mulheres que querem iniciar o próprio negócio.

 

Página 104 | posição 1929-1934

Ouço as mulheres o tempo todo dizendo que estão ocupadas demais para se envolver em um negócio de meio período baseado em casa. Digo a elas: “Aqui está a chave para seu negócio ser bem-sucedido: você tem de olhar para sua vida, realmente olhar para ela, e se perguntar ‘O que é tão significativo para mim que preciso ter na minha vida?’” O que é suficientemente importante a ponto de você arrumar tempo e dedicar esforço para a construção de um negócio que gere sua própria renda e, então, poder usar essa renda para construir a riqueza que vai cuidar de você pelo resto da vida? Porque, se você não identificar o que é isso, não vai acontecer.

Página 109 | posição 1962-1962

[…] não recomendo escolher uma empresa de marketing de rede principalmente pelo dinheiro.

o benefício dos produtos também não é o mais importante.

O primeiro motivo para eu recomendar o marketing de rede é por causa de seu sistema de educação empresarial do mundo real e desenvolvimento pessoal.

 

Página 111 | posição 1986-1986

as melhores empresas são totalmente dedicadas a seu negócio de educar.

 

Página 112 | posição 2006-2009

Quem comanda o barco? A empresa oferece um plano de ação comprovado? A empresa se preocupa tanto com as habilidades de negócios quanto com o desenvolvimento pessoal como parte regular de seus programas educativos e de formação? A empresa tem uma linha de produtos de alta qualidade e altamente comercializáveis pelos quais você pode se apaixonar?

 

Página 113 | posição 2023-2024

Por que você quer arriscar seu trabalho duro, tempo e energia, investindo tudo em uma empresa que ainda não tem histórico?

 

Página 114 | posição 2043-2044

a formação e a educação que você recebe representam o principal valor de sua experiência com marketing de rede […]

 

Página 115 | posição 2065-2066

Empresas de marketing de rede, normalmente, não fazem um monte de publicidade nos meios de comunicação de massa. Você não vê frequentemente outdoors ou anúncios de televisão para esses produtos.

Há um forte mercado para o produto? É algo que irá agradar a um vasto número de pessoas? O preço é competitivo?

 

Página 116 | posição 2086-2088

Lembre-se da palavra duplicável. As estratégias que funcionam melhor em rede são aquelas que duplicam melhor. O marketing de rede faz por um modelo de negócio do quadrante D o que Henry Ford fez pela indústria automobilística: reduz o processo para componentes que podem ser produzidos em massa.

 

Página 117 | posição 2103-2103

Vai levar algum tempo para construir sua rede. Dê-lhe tempo.

 

Página 117 | posição 2112-2113

O maior investimento em grande parte dos negócios próprios é o investimento de si mesmo, na forma de tempo, persistência e foco.

 

Página 118 | posição 2125-2125

É preciso ser honesto consigo mesmo

 

Página 119 | posição 2144-2144

Você sempre pode desistir. Por que tem de ser agora?

 

Página 120 | posição 2162-2163

Quando você constrói uma rede de 500 ou mais representantes independentes, o que tem definitivamente se encaixa na definição de uma grande empresa do quadrante D.

 

Página 120 | posição 2168-2170

Uma vez que a rede cresce além de 500 pessoas e pode chegar a milhares, você tem um verdadeiro negócio do quadrante D gerando renda passiva. Não é só uma rede viável; é um ativo de geração de renda.

 

Página 121 | posição 2178-2179

A Associação de Venda Direta afirma que, em média, um em cada 10 contatos dirá “sim” à oportunidade

 

Página 121 | posição 2191-2195

Robert: John, quando digo às pessoas “Deem um tempo”, invariavelmente ouço a seguinte pergunta: “Ok, quanto tempo?” Como você responderia a isso? John: Eu diria cinco anos. Robert: É exatamente a mesma resposta que dou! Na verdade, é o mesmo para a construção de qualquer tipo de negócio, chamo de “meu plano quinquenal”.

A maioria das pessoas não pensa em termos de anos; treinadas pela publicidade e acostumadas com seus salários do quadrante E, elas pensam em termos de gratificação imediata.

 

Página 122 | posição 2206-2206

[…] ficar rico rapidamente é um oximoro.

 

Página 123 | posição 2226-2227

Muitas pessoas investem uma vez, perdem alguns dólares e depois saem. Elas desistem após seu primeiro erro, razão pela qual não conseguem aprender. Mas perder faz parte do processo de ganhar […]

Se eu não cometer erros por cinco anos, então não estou mais sábio do que estava cinco anos atrás, apenas cinco anos mais velho.

 

Página 124 | posição 2243-2244

Se você trabalhou em vendas tradicionais, como já dissemos, vai querer desaprender muitas dessas habilidades, porque, em marketing de rede, não é o que você pode fazer que importa, mas o que pode fazer e duplicar.

 

Página 124 | posição 2251-2252

Você pode planejar, estudar e aprender tudo o que quiser, mas as únicas pessoas que vencem no marketing de rede são aquelas que agem hoje, amanhã e sempre.

 

Página 125 | posição 2256-2257

o que o torna rico? Conhecimento.

Imóveis, ouro, ações, trabalho duro ou dinheiro não o tornam rico; o que o torna rico é o que você sabe sobre imóveis, ouro, ações, trabalho duro e dinheiro. Em última instância, é sua inteligência financeira que o torna rico.

 

Página 127 | posição 2289-2290

Ser capaz de viver bem e ainda investir, não importa o quanto ou quão pouco você faz, requer alto nível de inteligência financeira. Um excedente é algo que você tem de ativamente buscar em seu orçamento.

 

Página 130 | posição 2342-2343

No século XXI, estamos percebendo pela primeira vez com muita intensidade que a riqueza, como eu disse, não é um jogo de soma zero.

 

Página 132 | posição 2379-2381

Apesar do que seus detratores dirão, o marketing de rede não é um negócio muito bom para pessoas gananciosas. Na verdade, a única maneira de você enriquecer no marketing de rede é ajudando outros a se tornarem ricos no processo. Para mim, isso é tão revolucionário quanto foram Thomas Edison e Henry Ford em seus dias.

Ficha do Livro

  • Livro: Pai Rico: O Negócio do Século XXI
  • Tempo de leitura: 3 dias
  • Modo de leitura: Kindle
  • Idioma: Português