Top 10 Técnicas de Vendas

Veja dicas de especialistas e prepare-se para vender mais e melhor

O que fazer para vender mais? Como conquistar mais cliente? Como garantir que os clientes atuais voltem mais vezes à loja? Quais são as melhores técnicas de vendas para a abordagem do cliente? Essas e outras perguntas são comuns na cabeça de vendedores e as respostas para elas podem ser o que falta para que eles deslanchem.

1. Ajude o cliente a entender o que ele precisa

Segundo Sandro Magaldi, autor do livro “Vendas 3.0” e CEO do Geração de Valor, muitas vezes o cliente não tem clareza absoluta da natureza de suas necessidades. Mostrar o que é preciso para solucionar seus problemas atuais e o que é preciso para não criar problemas no futuro é o papel do vendedor, sempre fornecendo o conhecimento necessário para que o cliente evolua e tome decisões concisas.

No futuro, aquele cliente lembrará do sucesso que obteve graças ao aconselhamento do vendedor e, muito provavelmente, voltará para fazer negócios onde se sente bem e é compreendido. É necessário, nesse caso, um estudo aprofundado do universo do cliente e de como suas necessidades podem ser atendidas por meio das ofertas disponíveis. Essa é uma regra que deve estar em todo manual de técnicas de vendas no varejo, por exemplo.

2. Estabeleça uma relação de confiança com o cliente

Se você conseguiu entender as necessidades do cliente e satisfazê-las perfeitamente, ele voltará a comprar com você e sua primeira venda terá sido concluída com sucesso. Uma venda só está completa quando o cliente volta, e se ele volta é porque o processo criou uma relação de confiança entre você e ele. Para Sandro Magaldi, a ética é a principal promotora da confiança. Com atitudes éticas, você poderá conquistar até o cliente mais difícil.

3. Seja flexível

O bom vendedor é aquele que se adapta às mais diversas situações. Se você consegue moldar suas atitudes de acordo com a personalidade do cliente com quem está lidando, tudo se tornará mais fácil nas negociações e resultará, certamente, em uma compra. Adote diferentes posturas para cada situação.

4. Nunca subestime o cliente

Para o escritor Eduardo Zugaib, já passou a época em que dava para enrolar o cliente. Com os consumidores cada vez mais atentos e conscientes dos seus direitos, qualquer tentativa de fraude ou “enrolação” vai ser logo identificada pelo cliente, que, além de não fechar negócio com você, ainda vai espalhar a má fama no mercado.

5. Seja resiliente

A resiliência é a capacidade que uma pessoa tem de absorver um “choque”, sem deixar de lado sua essência. Para um vendedor, a pressão aparece de todos os lados e se escuta a palavra “não” frequentemente. Essa habilidade pode lhe proporcionar “frieza” para pensar, enquanto outros se desesperariam em negociações difíceis.

6. Mostre que tem senso de organização

Um bom vendedor gosta de Excel e de outras ferramentas de controle. O planejamento faz com que ele busque o objetivo de forma organizada, cumpra regras, seja ético e saiba aproveitar todo o processo que circunda as vendas em seu benefício.

7. Crie uma estratégia

Elaborar um planejamento de vendas é entender o cenário da negociação, que para o especialista Gustavo Coelho significa conhecer o comprador e suas necessidades, seu concorrente e como seu produto se diferencia dos outros, criando um apelo do produto para o cliente.

8. Seja criativo

O especialista em vendas Carlos Cruz ressalta a importância da criatividade na busca de alternativas para chegar até o cliente. Usar argumentos que envolvam o consumidor, fazendo com que ele imagine os benefícios do produto no seu cotidiano, é uma das dicas de vendas do autor. Mas ele avisa: é preciso ser inovador.

9. Acredite (e defenda) aquilo que faz

O primeiro passo para transmitir confiança ao cliente é advogar em prol do seu serviço. Quando fechar um negócio, passe então a advogar a favor do próprio cliente dentro da empresa. Os interesses dele estão diretamente ligados aos seus interesses como profissional.

10. Não esqueça que vender é, também, fazer marketing

O especialista em vendas Enio Klein sustenta que, em tempos de web 2.0, é preciso uma solução para que o setor de marketing e o de vendas estejam integrados. “O novo paradigma do mercado não permite mais que a atividade de vendas, mesmo sendo a linha de frente da organização e em contato constante com o cliente, vá ao mercado sem levar as definições, estratégias e alinhamento necessários para que o cliente entenda a mensagem da companhia”, afirma.

Leituras Recomendadas

12 LIVROS ESSENCIAIS SOBRE MARKETING MULTINIVEL

 

Alguns narram a história de homens e mulheres de sucesso nessa indústria e outros são o resultado de muito trabalho de pesquisas e dissertação de estudiosos do setor.

Todos, porém, têm em comum o seguinte propósito: elucidar-lhe sobre o que de fato é o Marketing Multinível e torná-lo capaz de decidir por si só se esse é ou não um negócio para você. Não tenho dúvida de que ao ler os livros citados aqui, você terá uma base de conhecimento capaz de não mais tornar-se vítima de argumentos infundados sobre MMN – sejam eles a favor ou contra. Vamos aos livros:

Livros marketing multinivel

TUDO SOBRE NETWORK MARKETING – Richard Poe
Este é um clássico sobre o multinível, onde o jornalista Richard Poe, inicialmente cético em relação a indústria, narra suas andanças pelo mundo do Netork Marketing norte americano. De incrédulo, Poe passou a defensor ferrenho da indústria e levou consigo toda a redação da Sucess Magazine, uma das mais conceituadas publicações especializadas em negócios dos EUA.

MUITO MAIS SOBRE NETWORK MARKETING – Richard Poe
Neste seu segundo livro sobre Marketing Multinível, Poe desvenda os segredos do Marketing de Rede e, embora seja um livro de 1997, ele já aponta as tendências que estão por vir para a indústria, como por exemplo, a utilização em massa da internet e a prospecção automática. Além disso, o livro tem várias entrevistas com personalidades do setor e histórias incríveis de sucesso.

COMO SER BEM SUCEDIDO EM NETWORK MARKETING – Leonard S. Hawkins
Um excelente livro, que mostra de maneira clara as vantagens do Marketing Multinível e, dentre várias outras coisas, ensina como analisar o mercado e elaborar seu plano de marketing, como iniciar a construção de uma rede de distribuição, como conduzir reuniões e motivar seus downlines e muito mais.

O MELHOR PROFISSIONAL DE NETWORK MARKETING DO MUNDO – John Milton Fogg
John Milton Fogg é o padrinho da indústria MLM, em escala mundial. Neste excitante livro, ele traduz, através da brilhante história vivenciada entre um distribuidor em apuros, “o melhor do mundo” e Kazuco, a governanta líder de equipe, o êxtase que é chegar a ascensão nesse negócio. Subliminarmente, a história é riquíssima de dicas e ensinamentos que lhe levarão ao próximo nível.

NETWORK MARKETING COM A ESPERTEZA DAS RUAS – Robert Butwin
Esta é uma fantástica leitura sobre Marketing Multinível. Robert Butwin consegue realmente escrever de maneira condizente com o que o título propõe. O livro é repleto de dicas práticas para você implementar no dia a dia de seu negócio. Tudo, fruto de longos anos de execução e aperfeiçoamento vividos pelo autor antes de, “à beira de uma piscina no Havaí”, nos escrever essas pérolas.

COMO FICAR RICO COM NETWORK MARKETING – John Bremer
Um ótimo livro,onde você encontra tudo sobre esta atividade que já enriqueceu milhares de americanos e que está a ganhar força em todo o mundo. Também repleto de dicas sobre como montar e estruturar sua rede, como encontrar melhores clientes, como superar o medo, escrever cartas com poder de persuasão, e muito mais.

O BÁSICO – Don Failla
O Básico é o livro de bolso dos profissionais de Multinível. Nesse pequeno livro é apresentada uma grande fórmula de exposição do negócio: a “apresentação no guardanapo”, uma irreverente maneira utilizada pelo Expert Don Faila, para levar as pessoas a um estado de êxtase diante do poder da duplicação.

A FÓRMULA DA LIDERANÇA – Sérgio Buaiz
Creio que o melhor livro de autoria nacional, onde o consultor e especialista em Marketing Multinível, Sérgio Buaz, consegue, de maneira didática, instigar o leitor a abrir os olhos para esse fantástico modelo de negócios que, certamente e inevitavelmente, mais cedo ou mais tarde, queira ele ou não, há de cruzar seu caminho.

A SUA LIBERDADE FINANCEIRA GRAÇAS A REDE DE VENDAS E MARKETING – André Blanchard
Neste pequeno livro, André Blanchard narra sua saga na indústria Multi Level, onde, de desacredito por parentes e amigos, vem a se tornar um dos mais importantes distribuidores independentes da gigante Amway Corporation. Uma inspiradora história.

MARKETING DE REDE DE VENDAS – Gregory e Patricia Kishel
Este é um guia prático sobre como dar início e conduzir uma rede de vendas que se automultiplica e, a partir de um dado momento, muda completamente o rumo do seu negócio, independente de seu esforço. Embora já tenha quase vinte anos de publicado, vale a pena a leitura.

MARKETING DE REDE, A ERA DO SUPERMERCADO VIRTUAL – F. Gracioso e E. Najjar
Com autores do meio acadêmico, esse livro é rico em teoria e, de maneira muito detalhada, consegue legitimar e conceituar o Marketing de Rede tal qual qualquer outra atividade empresarial. Aconselho para quem quiser enriquecer seu repertório pessoal sobre o tema e aplicar instruções de âmbito corporativo em seu negócio de home-office.

Fonte:https://www.mmnexpert.com/12-livros-essenciais-sobre-marketing-multinivel/

Cuidados com a Pele

Cuidados com a Pele

Higiene

É importante limpar a pele duas vezes ao dia, de manhã e à noite, para evitar o acúmulo de oleosidade e resíduos de maquiagem e outros produtos, poluentes e poeira. O acúmulo de sujeira na pele leva ao entupimento dos poros, e favorece o aparecimento de cravos e espinhas, além de contribuir para o envelhecimento precoce.

É recomendável usar um sabonete adequado para o seu tipo de pele, preferencialmente, líquido. Para as peles oleosas a mistas, o ideal é optar por sabonetes à base de ingredientes adstringentes com alfa-hidroxiácidos e enxofre, ingredientes que favorecem a remoção das impurezas e a desobstrução dos poros. No caso das peles secas e normais, o ideal são os sabonetes líquidos, com pH neutro, e complementação do processo com loção ou leite (creme) de limpeza.

Os tônicos ajudam a remover os traços de óleo, sujeira e maquiagem que o sabonete pode ter deixado durante a limpeza. Se quiser, pode usá-lo para retirar a maquiagem também.

Outra dica importante é esfoliar a pele duas vezes por semana. Retirar as células mortas é importante para dar uma aparência mais viscosa à pele e estimular a renovação celular.

Hidratação

Uma boa hidratação auxilia na manutenção do viço e da beleza da pele, além de manter a integridade da camada de proteção cutânea e evitar problemas como descamação, ressecamento, envelhecimento precoce, irritações e infecções.

Assim, diariamente, é preciso usar hidratantes adequados a cada tipo de pele e específicos para o rosto e o corpo. É bom lembrar que as peles oleosas também precisam de hidratação. Nesse caso, recomenda-se usar um produto oil-free, que é à base de água e não aumentará a oleosidade da pele.

Uma boa hidratação deve ser feita por dentro e por fora. Por isso, além do uso de produtos específicos, recomenda-se a ingestão diária de, no mínimo, dois litros de água. Veja outras medidas que ajudam a manter a pele bem hidratada:

  • Evitar exposição excessiva ao sol.
  • Manter uma dieta rica em frutas e verduras, que contenha muitas fibras.
  • Evitar o uso excessivo de sabonetes, buchas, banhos muito quentes e prolongados, principalmente no inverno.
  • Evitar realizar esfoliações excessivas na pele.

Proteção Solar

A exposição à radiação ultravioleta (UV) tem efeito cumulativo e penetra profundamente na pele, sendo capaz de provocar diversas alterações, como o bronzeamento e o surgimento de pintas, sardas, manchas, rugas e outros problemas. A exposição solar em excesso também pode causar tumores benignos (não cancerosos) ou cancerosos, como o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma.

Na verdade, a maioria dos cânceres da pele está relacionada à exposição ao sol, por isso todo cuidado é pouco. Ao sair ao ar livre procure ficar na sombra, principalmente no horário entre as 10h e 16h, quando a radiação UVB é mais intensa. Use sempre protetor solar com fator de proteção solar (FPS) de 30 ou maior. Cubra as áreas expostas com roupas apropriadas, como uma camisa de manga comprida, calças e um chapéu de abas largas. Óculos escuros também complementam as estratégias de proteção.

Sobre os protetores solares (fotoprotetores)

Os fotoprotetores, também conhecidos como protetores solares ou filtros solares, são produtos capazes de prevenir os males provocados pela exposição solar, como o câncer da pele, o envelhecimento precoce e a queimadura solar.

O fotoprotetor ideal deve ter amplo espectro, ou seja, ter boa absorção dos raios UVA e UVB, não ser irritante, ter certa resistência à água, e não manchar a roupa. Eles podem ser físicos ou inorgânicos e/ou químicos ou orgânicos. Os protetores físicos, à base de dióxido de titânio e óxido de zinco, se depositam na camada mais superficial da pele, refletindo as radiações incidentes. Eles não eram bem aceitos antigamente pelo fato de deixarem a pele com uma tonalidade esbranquiçada, mas isso tem sido minimizado pela coloração de base de alguns produtos. Já os filtros químicos funcionam como uma espécie de “esponja” dos raios ultravioletas, transformando-os em calor.

Radiação UVA e UVB

Um fotoprotetor eficiente deve oferecer boa proteção contra a radiação UVA e UVB. A radiação UVA tem comprimento de onda mais longo e sua intensidade pouco varia ao longo do dia. Ela penetra profundamente na pele, e é a principal responsável pelo fotoenvelhecimento e pelo câncer da pele. Já a radiação UVB tem comprimento de onda mais curto e é mais intensa entre as 10h e 16h, sendo a principal responsável pelas queimaduras solares e pela vermelhidão na pele.

Um fotoprotetor com fator de proteção solar (FPS) 2 até 15 possui baixa proteção contra a radiação UVB; o FPS 15-30 oferece média proteção contra UVB, enquanto os protetores com FPS 30-50, oferecem alta proteção UVB e o FPS maior que 50, altíssima proteção UVB. Pessoas de pele clara, que se queimam sempre e nunca se bronzeiam, geralmente aqueles com cabelos ruivos ou loiros e olhos claros, devem usar protetores solares com FPS 15, no mínimo.

Já em relação aos raios UVA, não há consenso quanto à metodologia do fator de proteção. Ele pode ser mensurado em estrelas, de 0 a 4, onde 0 é nenhuma proteção e 4 é altíssima proteção UVA, ou em números: < 2, não há proteção UVA; 2-4 baixa proteção; 4-8 média proteção, 8-12 alta proteção e > 12 altíssima proteção UVA. Procure por esta classificação ou por valor de PPD nos rótulos dos produtos.

Como escolher um fotoprotetor?

Em primeiro lugar, devemos verificar o FPS, quanto é proteção quanto aos raios UVA, e também se o produto é resistente ou não a água. A nova legislação de filtros solares exige que tudo que o produto anunciar no rótulo, deve ter testes comprovando a eficácia. Outra mudança é que o valor do PPD que mede a proteção UVA deve ser sempre no mínimo metade do valor do Filtro solar. Isso porque se sabe que os raios UVA também contribuem para o risco de câncer de pele.

O “veículo” do produto – gel, creme, loção, spray, bastão – também tem de ser considerado, pois isso ajuda na prevenção de acne e oleosidade comuns quando se usa produtos inadequados para cada tipo de pele. Pacientes com pele com tendência a acne devem optar por veículos livres de óleo ou gel creme. Já aqueles pacientes que fazem muita atividade física e que suam bastante, devem evitar os géis, pois saem facilmente.

Como aplicar o fotoprotetor?

O produto deve ser aplicado ainda em casa, e reaplicado ao longo do dia a cada 2 horas, se houver muita transpiração ou exposição solar prolongada. É necessária aplicar uma boa quantidade do produto, equivalente a uma colher de chá rasa para o rosto e três colheres de sopa para o corpo, uniformemente, de modo a não deixar nenhuma área desprotegida. O filtro solar deve ser usado todos os dias, mesmo quando o tempo estiver frio ou nublado, pois a radiação UV atravessa as nuvens.

É importante lembrar que usar apenas filtro solar não basta. É preciso complementar as estratégias de fotoproteção com outros mecanismos, como roupas, chapéus e óculos apropriados. Também é importante consultar um dermatologista regularmente para uma avaliação cuidadosa da pele, com a indicação do produto mais adequado.

Na Contramão da Crise

Renda no Brasil

Uma solução bastante procurada pelas famílias brasileiras para fugir da crise e complementar o orçamento doméstico tem sido a venda direta.

Pagar as contas e proporcionar algum lazer tem ficado cada vez mais difícil já que as pessoas tendem a trabalhar mais e passar menos tempo com a família.

Neste cenário de crise e oportunidade quem estiver mais preparado tem grandes chances de sair fortalecido.

Com a crise econômica, o mercado de e-commerce ganha força, pois enfim os consumidores compreenderam que a internet oferece não só a opção de encontrar os melhores preços, mas de também comparar funcionalidades dos produtos. Associe estas opções ao aumento da quantidade de lojas online disponíveis estimulando a livre concorrência, você terá em mãos a fórmula do sucesso das vendas virtuais.

De acordo com a Go Biz , agência especializada em marketing digital, o consumidor virtual busca encontrar no e-commerce vantagens que o varejo tradicional não consegue oferecer, “melhores preços, variedade de marcas, boas condições de pagamentos, atendimento personalizado e inovação. Esses são os principais fatores que influenciam as compras virtuais”, explica.

Ainda segundo o E-bit, o faturamento do comércio eletrônico foi de R$ 19,6 bilhões no primeiro semestre de 2016. Além de um aumento de 7% no ticket médio dos consumidores online. Entre as categorias que tiveram o maior faturamento estão os eletrodomésticos (24%), Telefonia e celulares (20%), Eletrônicos (12%), Informática (10%), Casa e decoração (7%), Moda e acessórios (5%), Saúde/ Cosméticos e perfumaria (5%), Livros e apostilas (4%), Esporte e lazer (3%) e Acessórios automotivos (3%).

Em qualquer setor comercial, um dos principais objetivos, são maiores lucros. Para conquistar esta meta, é necessária a atenção do gestor às oportunidades de mercado e comportamento dos consumidores. Se 23,1 milhões de consumidores virtuais realizaram pelo menos uma compra no primeiro semestre de 2016, é lá que as empresas devem estar. As lojas virtuais se tornaram um canal seguro, eficaz e rentável para operações dos mais diversos setores. Não é por acaso, que a previsão de faturamento no e-commerce em 2017 é de 180 bilhões, segundo projeções do Paypal.

Faça algo hoje pelo seu crescimento profissional, não espere mudanças, seja a mudança!
Deixe seu comentário!

DESEMPREGO NO BRASIL

Índices de desemprego no mundo em 2018

A taxa mundial de desemprego deverá subir de 5,7% em 2016 para 5,8% em 2017, o que representará um aumento de 3,4 milhões no número de pessoas desempregadas, segundo relatório lançado nesta quinta-feira (12) pela Organização Internacional do Trabalho (OIT). Ao todo, serão 201,1 milhões de pessoas sem emprego no planeta neste ano.

Segundo o estudo “Perspectivas sociais e do emprego no mundo – Tendências de 2017”, de cada 3 novos desempregados no mundo em 2017, um será brasileiro. A OIT estima que o Brasil terá 1,2 milhão de desempregados a mais na comparação com 2016, passando de um total de 12,4 milhões para 13,6 milhões, e chegará a 13,8 milhões em 2018.

Em termos absolutos, o Brasil terá a terceira maior população de desempregados entre as maiores economias do mundo, superado apenas pela China e Índia. Na China, a OIT prevê que o número subirá de 37,3 milhões para 37,6 milhões em 2016. Já na Índia, de 17,7 milhões para 17,8 milhões.

Previsão de taxa de desemprego de 12,4%

Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o desemprego está em 11,9%, índice do trimestre encerrado em novembro de 2016, com 12,1 milhões de pessoas nesta situação.

A OIT projeta o índice de desemprego no Brasil neste ano em 12,4%, um ponto acima do percentual de 2016. Para 2018, a projeção também é de 12,4%.

O relatório mostra ainda que as formas vulneráveis de trabalho – como trabalhadores familiares não remunerados e trabalhadores por conta própria – devem representar mais de 42% da ocupação total, ou seja, 1,4 bilhão de pessoas em todo o mundo em 2017.

“O crescimento econômico segue decepcionante e é menor do que o esperado, tanto em nível quanto em grau de inclusão. Isso delineia um quadro preocupante para a economia mundial e sua capacidade de criar empregos suficientes, muito menos empregos de qualidade. A persistência de altos níveis de formas vulneráveis de emprego, associadas a uma evidente falta de avanços na qualidade dos empregos – mesmo em países onde os números agregados estão melhorando – é alarmante. Temos de garantir que os ganhos do crescimento sejam compartilhados de forma inclusiva”, afirmou o Diretor Geral da OIT, Guy Ryder.

Tabela mostra projeções da OIT para o desemprego em 2017 e 2018 no mundo (Foto: Reprodução)

Tabela mostra projeções da OIT para o desemprego em 2017 e 2018 no mundo (Foto: Reprodução)

http://g1.globo.com/economia/noticia/oit-preve-que-n-de-desempregados-no-brasil-chegara-a-136-milhoes-em-2017.ghtml

Como surgiu o Marketing Multinível

Conversando sobre o Quadrante de Fluxo de Caixa

95% da população Brasileira encontra-se do lado esquerdo deste quadrante, trocando seu tempo por dinheiro, deixando para trás sua vida em troca de um salário pago para construir os sonhos do patrão. Empregados e autônomos vivem numa corrida incessante onde se pararem deixam de produzir e consequentemente de ganhar. Do outro lado em oposição ao primeiro, estão os 5% restantes que movimentam nada menos de 95% de toda riqueza existente no planeta, pelo giro dos seus negócios e retorno de investimentos.

A pergunta é: De que lado você está? É desse lado que quer passar sua vida?

 

O que é Sucesso pra você?

 

E se eu te disser que o sucesso pode ter a sua cara? Que é construído dia a dia, através das escolhas que fazemos desde a hora que decidimos levantar da cama até o momento que exaustos retornamos para descansar de um longo dia de trabalho.

Temos todos os dias a chance de criar um futuro próspero e feliz, trabalhando hoje de forma alegre, que só uma visão de propósitos pode oferecer.

Junte-se a nós nesse jornada que é única, e vamos ajudar pessoas a viver seus maiores sonhos!!!