Leituras

Audio Book – O Mais Estranho Segredo do Mundo – Earl Nightingale

 

https://www.youtube.com/watch?v=uuwdgy__QQQ&t=1213s

 

 

Livro do dia: Desperte o milionário que há em você – Carlos Wizard Martins

O Sucesso é preparação!!!

Pense no que você pode fazer melhor que os outros, e faça!

Se você quer ficar bem, trabalhe para os outros, se você quer ser milionário, trabalhe para si próprio! Empreender é a chave para a riqueza!

Se você não trabalhar para construir a sua riqueza, alguém vai te contratar para construir a dele!

Logan Pearson Smith disse: ” Há dois objetivos para serem atingidos na vida. Primeiro, conseguir o que se quer. Segundo, desfrutar do que se obteve. Apenas os mais sábios realizam o segundo.”

 

Carlos Wizard Martins

 

Boa leitura!

Na Contramão da Crise

Renda no Brasil

Uma solução bastante procurada pelas famílias brasileiras para fugir da crise e complementar o orçamento doméstico tem sido a venda direta.

Pagar as contas e proporcionar algum lazer tem ficado cada vez mais difícil já que as pessoas tendem a trabalhar mais e passar menos tempo com a família.

Neste cenário de crise e oportunidade quem estiver mais preparado tem grandes chances de sair fortalecido.

Com a crise econômica, o mercado de e-commerce ganha força, pois enfim os consumidores compreenderam que a internet oferece não só a opção de encontrar os melhores preços, mas de também comparar funcionalidades dos produtos. Associe estas opções ao aumento da quantidade de lojas online disponíveis estimulando a livre concorrência, você terá em mãos a fórmula do sucesso das vendas virtuais.

De acordo com a Go Biz , agência especializada em marketing digital, o consumidor virtual busca encontrar no e-commerce vantagens que o varejo tradicional não consegue oferecer, “melhores preços, variedade de marcas, boas condições de pagamentos, atendimento personalizado e inovação. Esses são os principais fatores que influenciam as compras virtuais”, explica.

Ainda segundo o E-bit, o faturamento do comércio eletrônico foi de R$ 19,6 bilhões no primeiro semestre de 2016. Além de um aumento de 7% no ticket médio dos consumidores online. Entre as categorias que tiveram o maior faturamento estão os eletrodomésticos (24%), Telefonia e celulares (20%), Eletrônicos (12%), Informática (10%), Casa e decoração (7%), Moda e acessórios (5%), Saúde/ Cosméticos e perfumaria (5%), Livros e apostilas (4%), Esporte e lazer (3%) e Acessórios automotivos (3%).

Em qualquer setor comercial, um dos principais objetivos, são maiores lucros. Para conquistar esta meta, é necessária a atenção do gestor às oportunidades de mercado e comportamento dos consumidores. Se 23,1 milhões de consumidores virtuais realizaram pelo menos uma compra no primeiro semestre de 2016, é lá que as empresas devem estar. As lojas virtuais se tornaram um canal seguro, eficaz e rentável para operações dos mais diversos setores. Não é por acaso, que a previsão de faturamento no e-commerce em 2017 é de 180 bilhões, segundo projeções do Paypal.

Faça algo hoje pelo seu crescimento profissional, não espere mudanças, seja a mudança!
Deixe seu comentário!